O que é necessário para ser um bom investidor?


O mercado não se trata apenas de comprar e vender ativos aleatoriamente, como você já sabe. Independentemente do tipo de processo, seja no longo, médio ou curto prazo, o mercado exige que tenhamos estratégias e planos para ver o que fazer se a estratégia é certa ou errada.


Para obter resultados positivos, é essencial que você tenha conhecimento do mercado e seus ciclos. Quando falamos sobre o curto prazo, temos a ilusão de que podemos nos tornar ricos rapidamente e com pouco capital. Mas isso não é verdade.


Na verdade, esse pensamento pode ser muito perigoso para quem começa. Fazemos operações de curto prazo com um foco de longo prazo, o que realmente importa: o resultado!


No pregão diário, principalmente, é possível começar com muito pouco (aqui na Clear, a margem do miniíndice é de R$100, e para o mini-dólar, R$150). Estamos falando de um mercado de super alavancagem em que uma operação pode perder esse valor. Então este não é o capital certo para começar.


Ideal é uma separação de capital que não afetará o pagamento de suas contas ou sua reserva de emergência ou qualquer outra coisa importante, então você realmente começa o caminho certo.


A base para ser um comerciante é ter conhecimento técnico. Seja na análise técnica ou na leitura do fluxo, o comerciante deve saber interpretar sinais para tomar decisões. Honestamente, esta parte é simples. Muitos acreditam que também é fácil. Mas é aí que está o problema.


É muito importante que uma vez que você tenha conhecimento sobre como suas postagens entram, você entenda qual é o seu atributo de arquivo operacional e que tipo de mercado você terá os melhores resultados.


Aprenda, além de análise técnica clássica, configurações de tendências e configurações laterais, como se comportar no dia a dia. O mercado está mudando e temos que nos adaptar todos os dias a essa mudança. Quanto maior o arsenal de configurações, mais fácil é saber como se comportar quando você corre.


Não se trata apenas de aprender a configurar: é testar, abrir o mercado de reinicialização, escolher datas (longe de hoje, para que você não se lembre como foi o pregão e auto-sabotagem), juntamente com o desenvolvimento de estratégias com tamanho da mão, conquistas parciais ou objetivos finais nesses testes para ver o melhor resultado, principalmente, se a configuração se encaixa no seu perfil e se você estiver confortável trabalhando dessa forma.


Isso requer tempo e preparação para treinamento, testes de volta, compreensão dos ciclos de mercado e seus ciclos operacionais, e usar esses estudos para determinar o tamanho da mão que deve funcionar em cada etapa.


Como eu disse, aprender análise técnica é simples, mas trabalhar bem é difícil, pois envolve outras variáveis, como uma boa estratégia de gestão de riscos, por exemplo.


Para começar, vamos lembrar que no mercado existem três possíveis movimentos de preços: altura, declínio e horizontal. Infelizmente, não podemos controlar o preço para que ele possa andar a nosso favor. Podemos controlar uma coisa: nosso capital, os riscos que enfrentamos nas operações.


Se você pode entender (e aceitar) a dinâmica do mercado, que teremos dias negativos e positivos, que devemos ter conhecimento técnico para tomar decisões e que só podemos controlar nossos riscos e retornos em um processo (não a tendência de preço), já entendi o que realmente é preciso para ser negociado!


Concluindo: Você provavelmente passou cerca de cinco minutos lendo este artigo, não foi? Então responda a si mesmo: Isso significa que você entende e sabe tudo isso e não pratica?


Espero que a resposta seja de todos vocês, "Não!"! Porque não vai te fazer nenhum bem e desperdiçar seu tempo e dinheiro. Você deve ter a disciplina para saber tempo suficiente para parar de trabalhar em dias ruins, você não tem ganância, e não aceita riscos maiores do que você pode pagar, especialmente para ter a flexibilidade para fazer o direito todos os dias.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem