Atenção! Nova Carteira de Identidade Nacional passa a ser emitida hoje; Confira

Imagem: Reprodução/Google




Hoje, novas carteiras de identidade nacionais começam a ser emitidas e os documentos que adotam o número de inscrição do Cadastro de Pessoa Física (CPF) como "Registro Geral, Cadastro Único e Nacionalmente Válido" começam a ser emitidos.


O primeiro estado a emitir uma carteira será o estado do Rio Grande do Sul a partir desta terça-feira (26). Depois vem Acres, Distrito Federal, Goiás, Minas e Paraná. Ainda não há previsões para outros estados.


O novo ID vem com um código QR que pode ser lido por um dispositivo adequado, como um smartphone, permitindo verificação eletrônica da autenticidade e sabendo se ele foi roubado ou extraviado.


Esta nova versão do ID também serve como um documento de viagem porque contém um código padrão internacional chamado MRZ, o mesmo código usado em passaportes.


No entanto, até agora, o Brasil só concordou em usar cartões de identificação em postos de imigração nos países do Mercosul. Em outros países, os passaportes permanecem obrigatórios.


O novo Registro Geral (RG) é válido por 10 anos para pessoas até 60 anos. Se você tiver mais de 60 anos, sua antiga identidade será válida indefinidamente.


Segundo o Ministério da Economia, "Neste primeiro momento, serão emitidas novas identidades somente para cidadãos que possuem informações sobre o CPF de acordo com o certificado renovado. Quem não tem ou não tem informações incorretas no CPF pode usar o canal de Atendimento Remoto da Receita Federal para resolver a situação. No futuro, a própria Agência de Identificação do Cidadão fará novos cadastros e renovações com o CPF.


Atualização de dados


As atualizações das informações do CPF podem ser feitas gratuitamente através da Internet e do site da Receita Federal. Em algumas situações, você pode precisar enviar documentos para a Receita Federal por e-mail.


A lista de documentos necessários para a renovação do CPF foi publicada no site do Ministério da Economia e por e-mail da Receita Federal, para a qual os documentos foram enviados. Clique aqui para acessar.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem