Conheça o mais novo golpe de empréstimo que está fazendo várias vítimas. Fique atento!



Na última Quinta-Feira (30), a Receita Federal informou que recebeu diversas denúncias de fraude, incluindo empréstimos. Segundo as autoridades, as supostas empresas de crédito estão condicionando a liberação de dinheiro no pagamento antecipado do Imposto sobre Serviços Financeiros (IOF).


Neste golpe relatado pela Receita Federal, se a vítima tiver acesso ao suposto empréstimo, terá que pagar o IOF e outras taxas. No entanto, essas acusações não existem.


Esses criminosos podem até apresentar avisos falsos ou documentos coletados. Isso resulta em uma taxa inexistente para a liberação do valor.


De acordo com os relatos recebidos, neste golpe, o pagamento da suposta taxa ou IOF é feito transferindo-o para o indivíduo via Pix.


O fisco apontou que se tratava de um golpe porque "a Receita Federal não fornece dados para a cobrança de impostos e taxas sobre remessas".


No caso específico deste golpe, o sistema Pix nada mais é do que uma ferramenta que os criminosos usam para enganar suas vítimas. Esta plataforma é usada porque a Pix permite transferências imediatas, facilitando a realização de transações.


Como evitar cair em um novo golpe de empréstimo


Empréstimos periódicos e legais não cobram pagamentos antecipados. Portanto, os cidadãos não têm que pagar parcelas, preenchimentos cadastrais ou possíveis pagamentos antecipados de impostos.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem