Chegou a hora! INSS paga R$ 1,4 bilhão em atrasados; Veja se você recebe

Imagem: Reprodução/Google




Essa é uma ótima notícia para aposentados, pensionistas e outros segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que venceram ações judiciais contra municípios. Isso porque, em agosto deste ano, foi pago o chamado Pedido de Pequeno Valor (RPV), com valor estimado de 1,4 bilhão de reais.


Os direitos de RPV são concedidos quando o litígio é concluído em tribunal. O valor pago na época é de um salário mínimo de até 60 anos, o que equivale a R$72.720 em 2022.


Pagamento em atraso


O Conselho Judiciário Federal (CFJ) liberou seu recurso na segunda-feira, 22 de Agosto. Em nota, disse que era responsabilidade do Tribunal Distrital dos EUA (TRF) definir o limite de pagamento do RPV.


"É responsabilidade da Fundação Rotary depositar os recursos financeiros liberados de acordo com seu próprio cronograma. Quanto à data em que a conta será efetivamente liberada para liberação, essas informações devem ser obtidas por meio de consultas de RPV disponíveis no respectivo portal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal", disse o CJF em nota.


No total, 93.241 segurados do INSS serão premiados em 72.751 casos concedidos em julho. Estes incluem uma revisão de pensões, auxílio-doença, pensões e outros tipos de benefícios da Previdência Social.


Em Junho, um pagamento de cerca de 1,5 bilhão de reais foi repassado ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal, referente a maio.


Como consultar os atrasados do INSS na internet


Para saber se foi contemplado em novo lote, o segurado pode examinar o site do TRF responsável pela ação. Eles são divididos por região. Durante a consulta, é necessário informar o número de casos, o nome do advogado, o RPV e entre outros dados que podem ser solicitados.



Importante: Os segurados que atuam com valor de 60 ou mais salário mínimo têm direito a um pré-católico, onde as regras para a liberação de recursos diferem do RPV.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem