Novo valor do PIS/PASEP para 2023 surpreende; Confira!

Imagem: Reprodução/Google




Em Março deste ano, o governo federal enviou a chamada Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), aprovada pela Assembleia Nacional em Julho. Isso inclui a previsão do salário mínimo para 2023, com estimativa de R$ 1.293. A boa notícia é que esse também pode ser o limite para o PIS/Pasep 2023.


Portanto, os trabalhadores que têm direito ao benefício no próximo ano receberão um valor maior do que este ano, que foi de até R$1.212, equivalente ao piso nacional atual. O valor máximo é pago a uma pessoa que trabalhou por 12 meses consecutivos no ano base de cálculo.


Isso porque o abono salarial é baseado no salário mínimo e define o valor que cada trabalhador se beneficia. No entanto, apesar da aprovação da LDO, o valor ainda pode ser ajustado. Entenda o seguinte!


Novo Salário Mínimo e PIS/Passep 2023


O salário mínimo e o novo abono salarial seguem as estimativas de inflação medidas pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). A partir desse panorama, é provável que o governo mude o ajuste, já que o aumento dos preços pode ser maior do que a estimativa prevista para o início do ano.


Se isso acontecer, o salário mínimo em 2023 poderá ser de 1.302 crores em vez de R$ 1.293, como mostra a previsão do Ministério da Economia. A constituição atual estipula que as alterações não podem ser feitas abaixo da taxa de inflação, a fim de garantir o poder aquisitivo dos brasileiros.


PIS/Pasep para quem trabalha em 2021


Em 2022, o governo transferiu o PIS/Pasep para quem trabalha em 2020. Quem trabalha em 2021 ainda não recebeu o calendário oficial com a data de transferência, e o pagamento está previsto apenas para o próximo ano. Devido à falta de espaço orçamentário, os depósitos foram atrasados em um ano.


Estamos processando uma medida no portal e-cidadania pedindo a liberação de subsídios para quem trabalha em 2021 em 2022. No entanto, para que essa ideia seja debatida no Congresso, ela precisa receber pelo menos 20.000 votos públicos.


Quem pode receber o PIS/Passep?


Os cidadãos que têm direito ao benefício têm direito ao benefício.


  • Trabalharam por, no mínimo, 30 dias com carteira assinada na empresa;
  • Estão cadastrados no PIS/Pasep há 5 anos, no mínimo;
  • Tiveram remuneração mensal de até dois salários mínimos durante o ano-base do abono salarial; e
  • Estão com os dados corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais ou pelo eSocial.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem