Astrônomos criam mapa detalhado do asteroide de ouro que poderia destruir a economia mundial; Entenda

Imagem: Reprodução/History




Os astrônomos criaram o mapa mais detalhado do asteroide Psyche 16, o valor do qual será milhares de vezes maior que o da economia mundial. Rica em ouro, ferro e níquel, entre outros metais pesados, a rocha espacial valerá US$ 700 quintilhões. Espera-se que a NASA envie uma missão para explorá-la em agosto de 2022.


Superfície rica em metal


Antes da missão da NASA, cientistas planetários do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) forneceram uma prévia do que a sonda seria capaz de ver quando chegasse ao seu destino. Em um estudo publicado no Journal of Geophysical Research: Planets, a equipe forneceu mapas das propriedades superficiais do asteroide. A pesquisa foi baseada em observações feitas por uma ampla gama de telescópios terrestres no norte do Chile.





O estudo produziu um mapa detalhado da Psyche, que mostra que a superfície do asteroide provavelmente está coberta com uma ampla gama de materiais. Os pesquisadores confirmaram que ele é geralmente rico em minerais, mas essa abundância de minerais e silicatos varia de acordo com a região. Isso pode ser outra indicação de que no início de sua formação, o asteroide pode ter tido um manto rico em silicato que desapareceu desde então.


O novo mapa fornece pistas sobre o passado do asteroide. Suas áreas rochosas podem ser traços de um manto antigo (de uma composição semelhante à camada rochosa exterior da Terra ou Marte) ou sinais de influências de rochas espaciais. Além disso, crateras contendo materiais metálicos reforçam a ideia sugerida por estudos anteriores de que o asteroide pode ter experimentado explosões iniciais de lava mineral enquanto resfriava seu antigo coração.


A missão da NASA é enviar uma sonda do tamanho de uma quadra de tênis para o cinturão de asteroides localizado na área entre as órbitas de Marte e Júpiter, onde remanescentes do sistema solar primitivo cercam o Sol. Quando você chegar lá, a espaçonave se concentrará na Psique 16, que os cientistas acreditam ser o núcleo antigo de um planeta primitivo. A sonda passará cerca de dois anos orbitando a superfície do asteroide e analisando-a em busca de pistas sobre como os primeiros corpos planetários evoluíram.


Quando a sonda da NASA pousar na Psyche 16, você pode avaliar se ela é tão rica quanto foi originalmente estimada. Um estudo recente sugeriu que o valor de $700 quintilhões do asteroide pode ser exagerado. Se essa riqueza for dividida igualmente entre todos os habitantes da terra, cada um deles receberá US$ 93 bilhões. Infelizmente, não resolverá a vida de ninguém, porque se o asteroide for trazido ao nosso planeta, causará o colapso da economia global. Isso porque se o mercado estiver inundado de ouro, o metal raramente será algo comum, fazendo com que o valor se deprecie.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem