Auxílio Brasil vai ter adicional por cada filho em 2023? Confira aqui

Imagem: Reprodução/Google



O candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva prometeu pagar mais R$ 150 a crianças menores de seis anos se eleito. Até agora, o candidato não elaborou suas promessas. No entanto, houve a publicação do panorama oficial pelo portal lulaverso na rede social gerida pela campanha do ex-presidente.


Auxílio Brasil vai ter adicional por cada filho em 2023?


De certa forma, os pagamentos podem ocorrer cumulativamente. Portanto, famílias com duas crianças menores de 6 anos podem receber um adicional de R$300 por mês. Esse valor, segundo Lula, poderia somar ao lucro de R$600, que também deve ser mantido.


Esta não é a primeira vez que um candidato se compromete a fazer essas mudanças no sistema de pagamento da ajuda brasileira. Na semana passada, em um show com o deputado André Janones (Avante), o presidente do PT disse que poderia fazer um depósito de R$ 1,2 mil para uma mãe que cuida do filho sozinha.


No entanto, é importante ressaltar que a proposta do PT não é barata. De acordo com as projeções do economista, a manutenção do auxílio brasileiro em R$ 600 em 2023 deverá incorrer em um custo de R$ 60 bilhões. Com apenas um acréscimo para crianças menores de 6 anos, ignorando o dobro de gastos para mães solteiras, mais de R$ 16 bilhões teriam que ir embora para algum lugar.


Atualmente, a Auxílio Brasil não faz nenhum tipo de diferenciação em relação ao número de crianças cadastradas na mesma família. De certa forma, um piso de R$600 é válido independentemente de outras características.


Em alguns casos, os cidadãos podem ganhar mais de R$600. No entanto, isso é independente de pagamentos adicionais a crianças menores de 6 anos. Segundo dados do Ministério dos Direitos Civis, mais de 20 milhões de pessoas podem se beneficiar da sociedade.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem