É possível AUMENTAR o Auxílio Brasil e receber mais de R$ 1.200; Veja como!

Imagem: Reprodução/Google




Atualmente, os beneficiários do auxílio Brasil receberão um valor de R$600 a serem pagos até dezembro deste ano. No entanto, com a ajuda de alguns benefícios complementares, a família também pode dobrar esse valor, que pode chegar a R$1.220.


Segundo o Ministério da Cidadania, a base de pagamento do auxílio brasileiro inclui quatro benefícios que podem ajudar a aumentar seu valor. São destinados principalmente a gestantes ou lactante, estudantes e centros familiares com crianças de até 3 anos de idade.


Como aumentar o valor do Auxílio Brasil?


Após a transição da Bolsa Família para a Auxilio Brasil, foram criados benefícios complementares para ajudar a aumentar a quantidade de dinheiro pago aos torcedores. Eles são os seguintes:


Benefício de Primeira Infância (BPI): As famílias recebem R$130 ou mais por criança inacabada até 3 anos de idade.

Benefício de Adesão à Família (BPC): Se a família incluir gestantes, lactantes ou pessoas não concluídas entre 3 e 21 anos, o governo repassará um valor de R$65 ou mais por pessoa.

Benefício de Superação da Pobreza Extrema (BSP): O valor pago é calculado para garantir que a renda da família ultrapasse a linha de pobreza extrema, que atualmente é definida em R$ 105 per capita. Com esse benefício, o valor mínimo pago a cada membro é de US$ 25, mas pode ser tão alto quanto cada caso.

Benefício de Compensação Provisória (BComp): Esse benefício é destinado às famílias que receberam quantias de dinheiro da Família Bolsa, mas passaram a receber valores menores devido à implantação da assistência brasileira. O valor é a diferença na comparação das quantidades de programas anteriores.


Como conseguir até R$ 1.220 pelo auxílio Brasil


Além dos benefícios acima, as famílias beneficiárias também possuem três benefícios. Confira o que eles estão listados abaixo:


Apoio ao Esporte Escolar: Esse benefício é pago a atletas escolares de 12 a 17 anos que são destaque em competições em todo o país. O valor pago é de R$ 1.000 e pode ser depositado de uma só vez ou em 12 parcelas de R$100.

Bolsa de Iniciação Científica Júnior: Destina-se a estudantes que se destacam em competição acadêmica e científica no cenário nacional. O valor pago é de R$1.000, que é repassado em parcelas únicas ou 12 vezes de R$100.

Assistência à Inclusão Produtiva Rural: Esse auxílio destina-se a pessoas residentes em áreas rurais e em situação de extrema vulnerabilidade. O valor da parcela é de R$200 por mês para cada família.


De acordo com o Ministério da Cidadania, vale ressaltar que qualquer família pode receber todos os benefícios acima, desde que os pré-requisitos de cada complemento sejam atendidos. Por fim, o valor total pode chegar a R$1.200 por mês.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem