Já posso tirar a CNH sem frequentar autoescola? Entenda

Imagem: Reprodução/Google




Para obter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e poder dirigir um veículo em terra nacional, é preciso passar por várias etapas burocráticas e dispendes. Em muitos lugares, o valor final de um documento pode chegar a R$ 4.000. Um projeto de lei em andamento propõe a obtenção de CNH sem frequentar a escola.


De acordo com o texto, grande parte da despesa é enviada para um centro de formação de condutores conhecido como autoescola, onde os interessados têm aulas práticas e teóricas em condução e transporte. O alto custo de proteção de documentos torna impossível que pessoas em situações socialmente vulneráveis se tornem inatingíveis.


Já é possível tirar a CNH sem ir a autoescola?


Ainda não. Projeto de Lei (PL) nº 6485/2019, a senadora Katia Abreu (PDT-TO) estabeleceu o fim da obrigatoriedade das autoescolas de obter CNH e uma isenção da carteira de motorista para alguns cidadãos, mas ainda está em andamento.


Se a lei se tornar lei, os motoristas não têm que ir para a autoescola para obter uma licença. Segundo os autores do projeto, o alto custo de obtenção da CNH impossibilita o acesso ao documento, especialmente considerando a realidade do país.


De acordo com sua justificativa, mais de 50 milhões de cidadãos com mais de 18 anos receberão até o salário mínimo, e é impossível pagar a qualificação no modelo atual.


Como resultado, o projeto de lei propõe gratuitamente as taxas exigidas para o processo de recuperação da CNH. O projeto também visa certificar instrutores independentes com 25 anos ou mais e com pelo menos três anos de qualificação.


Se o projeto for aprovado e se tornar lei, aqueles que buscam tirar a CNH, se certificado, poderão contratar especialistas privados para executar a quantidade de aulas que julgarem adequadas. No entanto, a Autoridade de Transporte precisa adotar normas mais rigorosas para exames.


CNH sem autoescola: Qual é a situação do projeto? 


O texto pode, então, seguir para outra comissão, se necessário, e depois encaminhar para a Câmara dos Deputados. Portanto, se houver sinais positivos, passaremos para sanções ou veto presidencial.


Regras para tirar e renovar a CNH


Enquanto a fatura não for aprovada, as regras são mantidas para pegar a primeira rota ou atualizar o documento internamente. Para tirar a CNH, é preciso primeiro ter 18 anos e saber ler e escrever, além de ter CPF e comprovante de residência.


De acordo com esses requisitos básicos, os cidadãos são obrigados a preencher um formulário de inscrição online e pagar uma taxa ao Detran do estado. Logo depois, ele passa por testes psicológicos, físicos e de aptidão mental e comprova sua capacidade de dirigir veículos.


A partir do término desta etapa, é necessário cumprir as 45 horas exigidas pelas leis de trânsito e regulamentos correspondentes aos cursos teóricos e técnicos de direção. As partes interessadas então passam por um teste teórico.


Se aprovado, um curso prático começará mediante o pagamento da taxa de habilitação de condução do veículo e você precisará cumprir o tempo mínimo/aula, dependendo da categoria de carteira que você está recebendo. Por fim, o  cidadão é avaliado em exame de direção veicular junto ao Detran do estado.


O processo de atualização da CNH é mais simples. Quando um documento expira, você deve solicitar um novo documento. Portanto, você precisa entrar em contato com o Detran pela Internet ou diretamente. O motorista deve preencher um formulário com informações pessoalmente identificáveis e pagar o valor no documento fiscal estadual.


Geralmente, a renovação é livre da realização de exames laboratoriais após a liberação de dívidas decorrentes de multas ou reclamações inadimplentes.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem