Multa de trânsito pode sujar o nome do condutor? Veja a seguir

Imagem: Reprodução/Google



Quem dirige muitas vezes sabe que está sempre sujeito a uma multa, e isso pode gerar uma dor de cabeça desnecessária. Além dos pontos na carteira, ainda há o valor a ser pago, que muitas vezes é esquecido.


Além disso, há a possibilidade de recurso se a infração não for devida, mas é necessário atenção ao período de pagamento, já que o atraso pode levar a vários problemas para o motorista, como o nome sujo, por exemplo.


Em caso de atraso, o CPF do motorista pode ser encaminhado para o SPC, SERASA, Dívida Ativa ou CADIN (registro de créditos não pagos). Quando isso acontece, o motorista é passivo e começa a enfrentar alguns problemas com procedimentos financeiros.


Para verificar as multas atrasadas, basta entrar no site do Detran, mas os avisos de multas geralmente chegam pelo correio. Estar ciente desse tipo de dívida é importante para evitar perdas.


Com nome negativo em agências de proteção ao crédito, o motorista não pode solicitar empréstimos ou cartões de crédito, abrir contas bancárias ou concluir negócios, entre muitas outras perdas financeiras.


Além disso, outros pontos podem prejudicar o carro, pois o carro não pode ser vendido com multas, já que transferi-lo para outra pessoa torna-se impossível. O veículo também não pode ser emitido documentação ou licença.


Sem habilitação, não é possível se deslocar pelas estradas, e se o motorista insistir, ele pode levar uma multa muito séria. A multa nesses casos é no valor de R$293 e soma sete pontos à carteira. E você ainda tem a chance de estacionar o carro.


O atraso da multa também provoca aumento no valor, devido aos juros acumulados. Portanto, a melhor maneira de evitar muitos problemas é empurrá-los o mais rápido possível.


Se você não recebeu nenhuma notificação pelo correio, mas deseja verificar se você tem alguma multa, basta entrar no site do Detran da sua cidade. No menu, clique em "Veículo" ou na opção "Ofensa". O número e o cartão do RENAVAM serão solicitados. Renavam é encontrado na documentação do carro.


Depois de informar esses documentos, você precisa preencher o espaço com CPF e número de CNH do candidato e é isso! Se houver alguma multa ou irregularidade, eles aparecerão com detalhes na tela.


Se houver multas nas rodovias federais, também é possível acessar o site da Polícia Rodoviária Federal, bem como o aplicativo CNH Digital.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem