Após 15 semanas de queda, gasolina volta a SUBIR nos postos; Veja!

Imagem: Reprodução/Google




De acordo com a pesquisa semanal de preços da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), após 15 quedas consecutivas, o preço da gasolina voltou a subir nos postos brasileiros. Na semana passada, o derivado de petróleo foi vendido em média 4,86 reais por litro.


No geral, o aumento foi de 1,4% em relação ao valor visto na semana anterior, à luz das conquistas de novos aumentos nas refinarias, que vêm após aumentos nos preços globais. Até o momento, a Petrobras não comentou sobre as alterações, mesmo com o atraso das altas taxas.


Preços da gasolina sobem em vários estados


Conforme os dados da ANP, o preço da gasolina ficou mais caro em 15 estados e também no Distrito Federal. O maior aumento foi na Bahia, onde subiu 10,3% devido à alta da refinaria Mataripe, que fez dois ajustes após a alta dos preços do barril de petróleo no exterior.


Os aumentos também atingiram outros estados das regiões norte e nordeste. No caso do Tocantins, o aumento foi de 7,7%, em Sergipe 6,4%, no Maranhão 4,4% e em Ciara 5,7%. Essa reversão também pode ser atribuída ao aumento da refinaria que abastece toda a área.


O aumento do etanol anidro, que representa 27% da gasolina vendida nos postos, também afetou o aumento dos preços. Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Esalq/USP, o produto acumula em alta taxa de 7% nas fábricas paulistas.


Petrobras elevou os preços?


Agora não. Mesmo com o aumento do preço do petróleo, a Petrobras não fazia alterações nos preços da gasolina desde o início de setembro, quando anunciou um corte médio de 7%. No caso do diesel, não houve reajuste desde o último dia 19 de setembro, quando foi feita uma redução de 5,8% do dólar brasileiro.


Segundo a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), a diferença entre o preço médio da gasolina nas refinarias e o equivalente às importações é de cerca de 8%, equivalente a 0,30 reais por litro. No caso do diesel, o atraso chega a 12%, o que representa 0,70 reais por litro.


O preço médio do gás de cozinha também subiu na semana passada, atingindo 110,99 reais por lata de 13 kg. Aumento de 0,3% em relação à semana anterior.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem