Atenção! Conheça os carros que terão IPVA isento em 2023

Imagem: Reprodução/Google




Quem possui um veículo sabe que tem que pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) todos os anos. No entanto, mesmo que os impostos sejam obrigatórios, você pode descobrir isso em algumas situações. Continue nos perseguindo.


Existem vários fatores que tornam o IPVA livre, por exemplo, o ano em que o veículo foi fabricado. De acordo com relatórios, os veículos fabricados há 10 ou 30 anos estão livres de pagamentos de impostos. No entanto, é importante ressaltar que as condições são prescritas de acordo com cada Detran.


Consulte as isenções do IPVA dependendo do ano de fabricação do veículo.


  • Veículos acima de 10 anos: isenção em Goiás, Rio Grande do Norte e Roraima.
  • Mais de 15 anos: isenção nos estados do Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Piauí e Rio de Janeiro.
  • 18 anos ou mais: isenção no cantão de Mato Grosso.
  • Mais de 20 anos: isenções nos estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Acres e Rio Grande do Sul.
  • Idade 23 anos: Alagoas;
  • Veículos acima de 30 anos: Santa Catarina.

Vale ressaltar que nos estados de Minas Gerais e Pernambuco, a redução do IPVA é progressiva. Em outras palavras, quanto mais velho o carro, menos impostos você vai pagar.


Veículos que poderão ser isentos do IPVA em 2023


  • Audi A3 2007;
  • BMW Z4 2007;
  • Chevrolet Astra 2010;
  • Citroën C4 Pallas 2012;
  • Dodge Dart 1970;
  • Fiat Siena;
  • Ford Ka 2007;
  • GM Celta;
  • Jeep Wrangler 2002;
  • Toyota Corolla SE-G 2003;
  • Toyota Hilux 2002;
  • Volkswagen Fusca 1985.


O que acontece se eu não pagar impostos?


Portanto, conforme relatado, o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) é um imposto que os proprietários de veículos devem pagar todos os anos. Os motoristas podem pagar integralmente no início do ano ou em parcelas ao longo de vários meses.


Além disso, se o motorista não pagou impostos, ele está sujeito a sérias consequências. Primeiro, além da multa pelo valor do IPVA, refere-se à pontuação na CNH. No entanto,o Detran ainda podem apreender veículos.


Além disso, vale ressaltar que cada estado tem como aplicar a cobrança de multas relacionadas a pagamentos atrasados de IPVA. Por exemplo, em São Paulo, os juros são de 0,3% ao dia, uma taxa baseada na Selic.


No entanto, diante da apreensão do carro pelo Detran, o proprietário deve cumprir todo o protocolo burocrático, tais como:


  • Quitar os juros e as multas dos dias que o veículo ficou no pátio do Detran;
  • Validar a documentações necessárias no Poupa Tempo.

Portanto, se tais requisitos não forem atendidos, o veículo poderá ser definitivamente apreendido e colocado em leilão.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem