Auxílio Brasil: Beneficiários com NIS final 4 recebem Segunda! Confira calendário

Imagem: Reprodução/Google


Em Outubro, o Governo Federal esperava o pagamento do auxílio Brasil. Portanto, os beneficiários com um número do NIS com o número final 4 devem receber na próxima Segunda-Feira (17). Este mês, uma parcela das famílias também deve receber um cupom de gás.


"Originalmente, a data de início dos pagamentos seria aos 18 anos. De acordo com o novo calendário, os repasses começarão com pelo menos R$ 600 por domicílio na terça-feira, 11,10, para beneficiários que possuem número de identificação social (shekel) terminando em 1. Os pagamentos serão seguidos de forma aninhada, como normalmente acontece, até 25 de Outubro. Nesta data, os previstos pelo programa serão recebidos até o final do NIS 0", informou o Ministério da Cidadania.


Confira suas datas de pagamento para Outubro


Até Dezembro de 2022, o valor mínimo do auxílio brasileiro é de 600 reais, porém, a partir de janeiro, os juros devem ser devolvidos a 400 reais. Assim como o auxílio brasileiro, a Vale-Gás também foi ampliada nesse período e deve ser paga no valor total do botijão de gás pesando 13 kg, de acordo com a média nacional estabelecida pela ANP. Veja as datas de pagamento emitidas pelo Ministério da Cidadania em outubro:




As famílias beneficiadas pelo programa social podem sacar os recursos em casas lotéricas, correspondentes caixa aqui ou nas agências da Caixa Econômica Federal. Além disso, você também pode pagar contas e fazer compras em diferentes lojas usando o aplicativo TEM Box, disponível para dispositivos Android e iOS. 


Sobre o auxílio Brasil 


Auxílio Brasil é uma reformulação do Bolsa Família, criado em 2003 durante o Governo de Luís Inácio Lula da Silva. O programa social tem como alvo famílias pobres e extremas e atualmente consiste em três benefícios básicos: benefícios para a primeira infância, benefícios de formação familiar e superação da pobreza extrema. 


"A ajuda brasileira integra em apenas um programa diversas políticas públicas de assistência social, saúde, educação, emprego e renda. O novo programa social de transferência de renda direta e indireta tem como alvo famílias pobres e extrema pobreza em todo o país. Além de garantir uma renda básica para essas famílias, o programa busca simplificar a cesta de benefícios e estimular a emancipação dessas famílias para que elas possam alcançar sua independência e superar as vulnerabilidades sociais". 


Para receber o direito, é preciso atender a alguns dos requisitos exigidos pelo programa, como cadastro no Cadastro Individual (CadÚnico) e enquadramento nos limites orçamentários. Assim, a renda mensal per capita não pode ultrapassar os 210,00 reais (duzentos e dez reais). Mais informações sobre o auxílio brasileiro podem ser obtidas nos canais oficiais do Ministério da Cidadania e da Caixa Econômica Federal.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem