Bolsonaro anuncia salário mínimo de R$ 1.400 para 2023. Saiba mais

Imagem:Reprodução/Google



Depois da disputa em curso sobre o salário mínimo. Na Sexta-Feira (28), Bolsonaro disse no debate presidencial que o piso salarial em 2023 será de R$ 1.400. Assim, o salário mínimo aumentará substancialmente após 4 anos.


No entanto, o orçamento para 2023, enviado à Assembleia Nacional por ele e sua equipe, prevê um ajuste mínimo apenas pelo índice de inflação.


salário mínimo


Atualmente, cerca de 40% dos trabalhadores no Brasil ganham até 1 salário mínimo. Além disso, a maioria dos beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) só é regulamentada pelo salário mínimo.


Durante o governo Bolsonaro, desde o início de 2020, o salário mínimo tem sido reajustado levando-se em conta apenas a inflação medida pelo INPC. Portanto, não há aumento real, portanto, o último aumento acima da inflação foi em 2019.


Assim, na previsão oficial, se levarmos em conta a inflação de 1.212% em 20292, o salário mínimo será de R$ 1.292 para R$ 1.292.


Guedes propôs desindexação


Assim, a proposta de Bolsonaro vem após uma enxurrada de críticas sobre a declaração do ministro da Economia Paulo Guedes de que pretende desvincular a emenda do limite salarial mais baixo devido à inflação, como agora garantido pela Constituição.


"Nós fixamos a economia brasileira, estamos coletando muito, portanto, a partir do ano que vem nossas garantias de que vamos dar a todos os aposentados e pensionistas um reajuste acima da inflação. O mesmo vale para os funcionários públicos, que permitirão reajustes acima da inflação no próximo ano. E qual é o valor atual do salário mínimo? Também vai dar um reajuste acima da inflação", garantiu Bolsonaro, mas não apontou de onde viriam os recursos para tais medidas.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem