Conta de luz de graça? Saiba como ter o desconto de 100% segundo as novas regras do programa Tarifa Social 2023

Imagem: Reprodução/Google



O impacto econômico da pandemia ainda se reflete no país, dada a inflação seguida pelo aumento dos preços para diversos setores (alimentos, combustíveis e até eletricidade). Embora essas questões fiquem fortemente no bolso dos cidadãos, certos grupos de pessoas podem receber alívio para suas contas de luz, gratuitamente, ou melhor, com 100% de desconto através do Programa Tarifa Social.


Essa é uma ótima notícia em meio a tantos aumentos abusivos e ultrajantes com os quais os brasileiros têm lidado. Alcançar uma redução no valor das contas de luz através de tarifas sociais é benéfico para muitas famílias. O programa é voltado para essas famílias de baixa renda e concede descontos que chegam até 100% dependendo da situação da família. Isso significa notas de luz grátis! Abaixo, esclarecemos neste sábado (22) o concurso de notícias quem pode solicitar esse desconto e como.


Quem tem direito ao Desconto do Programa de Taxa Social?


Abaixo estão os grupos de cidadãos brasileiros que podem solicitar esse benefício:


  • Inscritos no CadÚnico (Cadastro Único) tendo a renda per capita de, no máximo, meio salário-mínimo, ou seja, R$ 606,00;
  • Inscritos no CadÚnico (Cadastro Único) com renda familiar de, no máximo, três salários-mínimos. Nessa situação, a família deve ter ao menos um membro com deficiência ou doença cujo tratamento demande um gasto maior de energia elétrica;
  • Idosos de 65 anos e acima, bem como PcD (Pessoas com deficiência) cadastrados e recebendo o BCP (Benefício de Prestação Continuada).


Como funciona o desconto?


Via de regra, os descontos são concedidos dependendo do consumo que a família tem mensalmente. Por exemplo, quanto menor o consumo, maior o desconto. Essa redução é ainda maior para quilombola e indígenas, com potencial para ser 100% isento de ingressos. Veja abaixo.


Famílias cadastradas no Cadúnico:


  • 0 até 30 kWh – 65% de desconto;
  • 31 até 100 kWh – 40% de desconto;
  • 101 até 220 kWh – 10% de desconto;
  • Acima de 221 kWh – 0% de desconto.

Famílias quilombolas e indígenas também cadastradas no CadÚnico:


  • 0 até 50 kWh – 100% de desconto;
  • 51 até 100 kWh – 40% de desconto;
  • 101 até 220 kWh – 10% de desconto;
  • Acima de 221 kWh – 0% de desconto.


Como se cadastrar?


Os cidadãos que querem se beneficiar do programa de tarifa social e aqueles que sabem que têm contas de luz gratuitamente não precisam necessariamente aplicar ou se cadastrar especificamente. Ele só precisa renovar seu registro com um cadúnico (cadastro único). Portanto, os benefícios são concedidos automaticamente.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem