Eleições: Crianças podem entrar na cabine de votação com os pais? Entenda o que diz a lei

Imagem: Reprodução/Google




As eleições de 2022 estão quase lá, e é hora de decidir quem será o novo presidente do Brasil. Além disso, os eleitores podem votar em delegados, senadores e governadores. No momento, muitas perguntas podem surgir, uma delas é se é possível levar a criança com os pais para votar no eleitorado agendado.


Lembre-se que estamos pensando em crianças, ou seja, pessoas completas com menos de 12 anos. No entanto, esse item pode ser aplicado a adolescentes de 15 anos que ainda não podem votar. Posso levar meus filhos comigo no dia da eleição?


Os pais podem levar seus filhos com eles quando votarem?


Primeiro, vale lembrar que os cidadãos que podem votar têm mais de 70 anos ou entre 16 e 18 anos. Todos os adultos entre 18 e 70 anos são obrigados a votar e correm o risco de multas e outras penalidades.


Para entender se uma criança pode acompanhar seus pais quando vota, precisamos confiar no que diz a lei brasileira.


O que a lei diz sobre isso?


Em suma, é o mesário quem decide se a criança pode acompanhar os pais no momento da votação, e a outra pessoa responsável pelo distrito eleitoral. Portanto, você precisa responder perguntas quando você está na sala onde você precisa votar.


Contudo, o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo decidiu que crianças de colo podem acompanhar os pais em todo o processo de votação, caso não tenham com quem deixar seus filhos. As crianças maiores e que não precisam ficar no colo dos adultos ou que não tenham necessidades especiais devem aguardar em uma das cadeiras de espera dentro da sala de votação.


Antes da votação, faça perguntas no local registrado para exercer seu direito à democracia no Brasil.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem