Moeda rara de 25 centavos pode valer até R$ 3 mil; Confira!

Imagem: Reprodução/Google




Coletar objetos pode ser um hobby para muitas pessoas, então mesmo algumas moedas podem valer muito dinheiro. Atualmente, uma moeda rara de R$ 0,25 vale até R$ 3.000. No entanto, é importante lembrar que alguns fatores, como a preservação de um item, podem dificultar seu valor final.


A moeda a que nos referimos é conhecida como "mula" e nasceu devido à onda de impressão errada. Um centavo de 25 centavos parece um centavo de 50 centavos.


O que são moedas raras?


Uma moeda rara ou colecionável é definida por vários critérios, incluindo o número de moedas impressas, o ano de emissão, o material fabricado e até mesmo a casa da moeda que emitiu o item.


No site do Banco Central do Brasil, é possível se cadastrar para receber informações por e-mail relacionadas à futura liberação de moedas comemorativas. O serviço é de grande interesse para os colecionadores interessados nessas informações. Para se cadastrar, é preciso informar alguns dados pessoais no site.


Saiba como definir valores para esses itens


Como mencionado, vários fatores, como o quão bem um item é armazenado, podem afetar o valor de uma moeda rara. Isso significa que moedas com sinais claros de desgaste, como poucos arranhões ou brilho, são menos valiosas do que aquelas similares quando deixaram a Casa da Moeda.


A raridade das moedas é algo a considerar ao comprar e vender itens colecionáveis. Portanto, grandes quantidades de bens impressos são menos valiosas do que as produzidas em menor escala.


Por fim, a oferta e a demanda também flutuam o valor dos itens coletados. Algumas moedas são raras, mas a falta de demanda pelo item nacional ou internacionalmente é um fator que dificulta seu preço. O marketing de suas moedas de coleta pode ser feito em vários sites, como o mercado livre.


Royal Mint revela coleção especial


A Casa da Moeda Real, a Casa da Moeda Britânica, revelou uma coleção especial de moedas na última quarta-feira (20) para marcar o 25º aniversário do lançamento do livro "Harry Potter". O Collector's Coin Edition requer algumas inovações, como a gravura a laser.


O designer Jim Kay, que ilustrou a primeira edição do livro, também desenvolveu a arte das moedas. Além disso, de acordo com um comunicado emitido pela Casa da Moeda britânica, as duas primeiras moedas da coleção devem ser impressas na imagem da falecida Rainha Elizabeth, e as duas últimas têm um retrato de Carlos II.


A quantidade de moedas a serem impressas ainda não foi revelada. No entanto, considerando o número de fãs da saga espalhados pelo mundo, a demanda pode fazer do item uma moeda rara na coleção.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem