VALE-GÁS: Caixa Econômica paga nova parcela de R$112 hoje (18/10); Confira!

Imagem: Reprodução/Google



O Governo Federal está implementando nesta terça-feira (18/10) um novo lote do Programa Nacional de Vale-Gás. De acordo com o calendário da versão, é hora de os cidadãos com o número final de identificação social (NIS) 5 receberem seus benefícios.


Em outubro deste ano, o vale-gás nacional do governo federal paga 5,98 milhões de pessoas. Todos os usuários do software recebem uma quantia de R$112. O valor é pago automaticamente na conta poupança social dos usuários, ou seja, o movimento pode ocorrer sem sair de casa.


Para transferir dinheiro do selo nacional de gás, basta utilizar o aplicativo Caixa Tem. Através do aplicativo, o cidadão pode pagar contas, transferir saldos para outros bancos, fazer compras no sistema de cartão de débito e até mesmo criar um código de saque em dinheiro. Com a numeração, um indivíduo pode sacar o saldo em caixas eletrônicos, casas lotéricas e correspondentes caixa aqui.


Calendário vale do gás


O Vale do Gás do Governo Federal utiliza principalmente o mesmo calendário do auxílio Brasil. Especificamente, neste mês de outubro, o Ministério da Cidadania decidiu assinar liberações.


Inicialmente, o plano era iniciar os repasses em 18 de outubro, mas o governo federal optou por iniciar os repasses em 11 de Outubro.


Veja no calendário abaixo o planejamento de datas.


  • 11 de outubro: Usuários com NIS final 1
  • 13 de outubro: Usuários com NIS final 2
  • 14 de outubro: Usuários com NIS final 3
  • 17 de outubro: Usuários com NIS final 4
  • 18 de outubro: Usuários com NIS final 5 – HOJE
  • 19 de outubro: Usuários com NIS final 6
  • 20 de outubro: Usuários com NIS final 7
  • 21 de outubro: Usuários com NIS final 8
  • 24 de outubro: Usuários com NIS final 9
  • 25 de outubro: Usuários com NIS final 0


Pagamentos do benefício de R$112


Inicialmente, o valor total de US$ 112 da Vale-Gás tem um prazo. Isso porque a PEC das Bondades, que passou pela aprovação do Congresso no primeiro semestre deste ano, prevê liberações apenas até dezembro deste ano. Assim, a partir de janeiro de 2023, as famílias receberão novamente um valor médio de 50% de um botijão de gás pesando 13 kg.


Segundo dados do governo, mais de 5,98 milhões de famílias receberão esse benefício em outubro. Em agosto, último mês em que o benefício foi pago, o auxílio-gás de R$ 110 milhões foi pago a 5,6 milhões de famílias.


Além disso, é importante ressaltar que o Nordeste é a região com maior número de beneficiários, com um total de domicílios de 2,83 milhões. Seguem-se o Sudeste (1,98 milhão), o Norte (562 mil), o Sul (392 mil) e o Centro-Oeste (199 mil).


Em truncado interestadual, São Paulo é uma unidade federal com maior número de beneficiários, com 813 mil. A lista é seguida por Bahia (730 mil), Rio de Janeiro (564 mil), Minas Gerais (525 mil), Pernambuco (463 mil) e Ciara (420 mil).


Quem pode receber o vale gás


Para ter direito a um vale-gás nacional, é necessário ter renda per capita de até metade do salário mínimo. De olho nos dados oficiais para este ano de 2022, o valor máximo é de 606 reais. Aqueles que recebem acima desse nível não serão considerados.


Além da questão da renda, o cidadão precisa de uma conta ativa e atualizada no sistema Cadúnico ou, pelo menos, ser usuário do Benefício de Prestação Continuada (BPC) do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).


O projeto que cria o Vale-Gás Nacional também diz que mulheres que vivenciaram um certo nível de violência doméstica, e que são especificamente projetadas para proteger a polícia, também têm direito ao crédito.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem