Ganhe até R$ 3 mil por mês para fazer pesquisa de mercado em aplicativo; Veja como funciona

Imagem: Reprodução/Google



Os brasileiros estão constantemente se reinventando quando o assunto é ganhar dinheiro, e a tecnologia é uma grande aliada. Se você está ganhando renda extra ou se sustentando, a Internet e os smartphones oferecem muitas oportunidades para aqueles que querem mais dinheiro.


Toda empresa é obrigada a oferecer esses benefícios aos seus funcionários.


Uma dessas possibilidades é trabalhar com pesquisas de varejo. Muitas grandes empresas estão buscando esses profissionais para realizar cotações de preços e pesquisas de campo no varejo e no setor e começaram a confiar em soluções integradas que aumentam a acessibilidade das pessoas para fornecer serviços.


Ganhando dinheiro com a Price Survey


"Foi-se o tempo em que as pesquisas eram feitas em pranchetas de papel e preenchida à mão, e hoje tudo pode ser automatizado via celular: fotos de produtos, comparações de preços, velocidade, etc. Sem contar a oportunidade de ganhar renda adicional com a flexibilidade de tempo e local", explica Maycon Andrade, CEO da Price Survey, empresa que desenvolveu soluções embarcadas para pesquisas de varejo.


Andrade diz que o leque de possibilidades para quem deseja explorar o mercado de pesquisa é enorme, e a simplicidade do processo e a flexibilidade do cronograma proporcionam muitas vantagens, pois as pesquisas podem ser realizadas dentro da disponibilidade dos pesquisadores.


No caso da tecnologia de pesquisa de preços, para uma pessoa ser um "preço", ela só precisa ter um celular Android (a nova versão para iOS estará disponível na Apple Store até dezembro), baixar o app da empresa e fazer o trabalho, tudo de uma forma bem simples.


Como funciona 


O processo de realização da pesquisa funciona da seguinte forma: A empresa parceira da pesquisa de preços chega ao problema e informa o que é necessário. Portanto, o fluxo é definido e a busca que melhor se adequa ao cenário é construída.


Em segundo lugar, como o aplicativo possui geolocalização, o preço permite que o aplicativo aproveite as oportunidades de acordo com a localização do preço, proporcionando uma correspondência entre a empresa e o pesquisador.


A partir daí, o pesquisador fica disponível com um aplicativo para sua missão e valor de recompensa, ou seja, quanto ele ganha por aquela pesquisa.


Em seguida, vá para um site de pesquisa (como uma farmácia ou rede de atacado), insira o preço do produto, verifique o produto digitalizando o código de barras, preencha as informações solicitadas para o aplicativo, tire uma foto do preço com o produto e gôndola para auditoria.


Uma vez que sua pesquisa é validada, você já recebeu seu pagamento com segurança e agilidade.


Para os candidatos à pesquisa, isso significa obter rapidamente dados organizados com entrega dinâmica de resultados, painéis, resultados localizados, participações de mercado e SOV (Share of Voice é uma medida do setor ao qual uma marca pertence em comparação com seus concorrentes).


"Nossos contatos de preços responderam à pesquisa e isso foi entregue ao sistema em tempo real, para que pudéssemos reunir informações e entregar tudo aos nossos clientes rapidamente – de duas vias rapidamente. Além dos dados e fotos serem autênticos, não é uma análise superficial e geral. Dados atualizados que são o mais "frescos" possível. É como o 'Uber' das pesquisas", disse Andrade.


Em média, um pricer  costuma ganhar entre 100 e 200 reais por semana, e dependendo da disponibilidade e da demanda, alguns dedicam mais e ganham até 3000 reais por mês.


Como começar


Veja como é fácil se tornar um pesquisador e ganhar renda extra:


  • 2- Vá para a aba "Torne-se um Pesquisador" e clique no botão "Clique aqui para começar agora".
  • 3- Vá para a Play Store, onde você pode baixar o aplicativo.
  • 4- Se você quiser simplificar, abra a Play Store no seu telefone, digite "pesquisa de preços" e baixe o aplicativo.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem