LULA, presidente eleito, deve trocar o nome do Auxílio Brasil a partir de 2023; Veja para qual

Imagem: Reprodução/Google



O auxílio Brasil deve terminar até o final de 2022. Mas acalme-se, isso não significa que as pessoas vão parar de receber benefícios especiais no próximo ano. De acordo com informações de bastidores publicadas pela imprensa, o projeto deve ser renomeado e mais uma vez rebatizado de Bolsa Família.


Oficialmente, o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não se comprometeu a renomear o programa. De qualquer forma, há uma ideia de mudar a nomenclatura para que ela represente melhor os benefícios pagos durante os anos de seu poder. A avaliação da equipe petista é que esse termo está relacionado ao lado emocional das pessoas.


Na quinta-feira (3), o vice-presidente eleito Geraldo Alckmin participou de uma reunião com os líderes da Assembleia Nacional. Logo depois, ele foi questionado por jornalistas sobre o status do nome que o projeto carrega. Alkmin riu e não entrou em mais detalhes nesse sentido, enfatizando que, em sua opinião, o mesmo importante é a definição do valor dos programas sociais.


De qualquer forma, informações dos bastidores da CNN Brasil já tomaram como certa a mudança de nome do programa, novamente chamado Bolsa Família a partir de janeiro. Outros pontos, como valores e número de usuários, permanecem no mesmo nível que vemos hoje nos dias de Jair Bolsonaro (PL).


Bolsa de Família


O Bolsa Família foi oficialmente fundado em 2003 pelo ex-presidente Lula. O projeto termina em 2021 e já está sob o comando do governo do presidente Jair Bolsonaro (PL). No entanto, os usuários não pararam de receber lucros. Pelo contrário, o valor do programa passou de uma média de R$ 190 para um mínimo de R$ 600.


Sob o regime de Bolsonaro, o Bolsa Família passou a atender mais pessoas. Os antigos benefícios acabaram com seus serviços para mais de 14 milhões de brasileiros. Os últimos dados do Ministério da Cidadania mostram que hoje mais de 21 milhões de pessoas recebem ajuda brasileira.


Mudança no nome 


De qualquer forma, a manipulação em torno da mudança de nome traz aspectos mais políticos do que práticos ao debate sobre projetos sociais.


Dentro das equipes de Bolsonaro e Lula, o termo Auxílio Brasil está mais associado ao atual presidente, enquanto o termo Bolsa Família tem forte ligação com o ex-presidente.


Do ponto de vista prático, não há grandes mudanças. Mesmo que decida mudar o nome do programa em 2023, Lula continuará pagando os mesmos R$ 600 de auxílio brasileiro. Além disso, é improvável que o número de usuários diminua nos próximos meses.


Auxílio Brasil segue


O presidente eleito ainda não confirmou o valor da ajuda ao Brasil a partir do ano que vem. A confirmação não é suficiente, mas os pagamentos no final de 2022 devem ser feitos como de costume.


Em Novembro e Dezembro, está previsto o lançamento de 600 reais para mais de 21 milhões de pessoas. Abaixo está o calendário oficial de todos os lançamentos em Novembro.


17 de novembro: Usuários com NIS final 1
18 de novembro: Usuários com NIS final 2
21 de novembro: Usuários com NIS final 3
22 de novembro: Usuários com NIS final 4
23 de novembro: Usuários com NIS final 5
24 de novembro: Usuários com NIS final 6
25 de novembro: Usuários com NIS final 7
28 de novembro: Usuários com NIS final 8
29 de novembro: Usuários com NIS final 9
30 de novembro: Usuários com NIS final 0

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem