PIX Recorrente do Nubank: Saiba como funciona o recurso

Imagem: Reprodução/Google




Os usuários do Nubank podem fazer transferências pix de forma simples através do aplicativo. A Fintech lançou recentemente um recurso que permite aos clientes automatizar operações feitas em sistemas de pagamento instantâneo usando chaves já usadas no banco digital.


Esse recurso atua como uma taxa de transferência automática que pode ser ativada e desativada quantas vezes forem necessárias. O chamado PIX recorrente passará a ser disponibilizado aos poucos para os correntistas do Nubank, mas em breve será liberado para todos que utilizam o serviço de fintech.


Como funciona o PIX recorrente 


Se você tem uma conta fixa que sempre tem que pagar no dia correto, saiba que um PIX regular é ideal, pois você pode deixar transferências programadas sem o risco de atrasos no vencimento de sua conta, ticket ou contrato.


Nesse sentido, é possível escolher a periodicidade das transações: mensal, quinzenal, semanal. Para usar o recurso, basta cadastrar a pessoa ou empresa que costuma pagar com frequência, e não precisa se preocupar porque o pagamento será feito na hora.


"O PIX regular é outra inovação que implementamos para nossas contas digitais e PJ, dando-nos ainda mais tempo para desviar para outras atividades e garantindo que as transferências sejam feitas com segurança e dentro do prazo exigido", disse o gerente líder da conta Nubank. Arthura Radhao.


Como aderir ao Pix recorrente


Para agendar um PIX agendado, ele deve ser encaminhado para a pessoa ou empresa selecionada primeiro. Dessa forma, seu nome aparecerá em sua lista de contatos. Para agendar o PIX, execute estas etapas:


  • Aceda à aplicação Novo Banco.
  • Na tela inicial, clique em Cilinação de Pagamento e em Iniciar.
  • Selecione a opção "PIX Programado" e pressione "Iniciar" novamente.
  • Clique no contato que você deseja receber.
  • Insira a data de transferência e a frequência de pagamento (mensal, quinzenal ou semanal).
  • Toque no ícone roxo da Fretara.
  • Insira o valor que deseja transferir e verifique as informações.
  • Pressione "Confirmar registro" para sair com uma senha de 4 dígitos.


Pix é o método de pagamento mais utilizado pelos brasileiros


De fato, o PIX é a ferramenta de pagamento mais utilizada pelos brasileiros. Desde o seu lançamento, em 16 de Novembro de 2020, o sistema tem sido uma mania entre consumidores e empreendedores. No portão, que completa seus dois anos de operação até o último dia 30 de setembro, já foram registradas 26 bilhões de transações, o que equivale a R$ 12,9 trilhões.


De acordo com estudo realizado pela Febravan (Confederação dos Banqueiros do Brasil) com base em dados do Banco Central (BC), somente no primeiro mês de funcionamento do PIX, o número de transações superou as realizadas em DOCs (documentos de crédito). Já em janeiro, o sistema de pagamento ultrapassou as transferências feitas em TED (transferível eletrônico).


Seguindo essa política, em março do mesmo ano, o PIX avançou o número de operações realizadas no boleto. Quanto ao cartão, o PIX superou as operações de débito em janeiro deste ano e já em fevereiro foi a vez de passar antes das transações com cartão de crédito, mas nessa época o recurso se tornou o meio de pagamento mais utilizado no Brasil.


"As transações com a PIX continuam a aumentar, e ficou claro que o novo meio de pagamento é amplamente aceito, o que trouxe conveniência e facilidades para as transações financeiras diárias de nossos clientes. Nos últimos 12 meses, vimos um aumento de 94% na operação dessa ferramenta", disse Isaac Sidney, presidente da Febraban.


Além disso, Sydney ressalta que o PIX é uma parte baseada em processos bancários e na inclusão financeira dos brasileiros, o que também ajuda a reduzir a necessidade do uso de dinheiro no comércio e os altos custos para o transporte de cédulas que atualmente somam cerca de 10 bilhões de reais por ano.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem