TSE bloqueia mais de 13 milhões encontrados nas contas do PL; Confira!

Imagem: Reprodução/Google





O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) bloqueou R$ 13.599.298,26 encontrados na conta do Partido Liberal (PL) por multa de 22,9 milhões de reais aplicada ao partido para questionar os resultados de mais da metade das pesquisas eleitorais.


O lockdown ocorreu na última sexta-feira, e o presidente do TSE, Alexandre de Molaes, definiu que a sigla deve arcar com a penalidade sozinha.


Inicialmente, Moraes impôs multas a toda a coalizão do presidente Jair Bolsonaro. Mas aí entendi que a iniciativa do PL não contava com a concordância do PP e dos republicanos, que estavam isentos de multas.


Entenda 


Na semana passada, a coalizão pediu ao TSE que invalidasse os votos registrados das 472 mil urnas usadas no segundo turno das eleições.


A solicitação afirmava que havia questões relacionadas aos arquivos de "log" das urnas modelo 2009, 2010, 2011, 2013 e 2015. O registro tem o código da cidade, a zona e a seção de eleição da urna.


Moraes considerou esse pedido "ilegal" e multou o Sindicato por ajuizar ação de má-fé (caso a provocação ao Judiciário tenha sido realizada de forma abusiva e distorcida dos fatos).

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem