Alerta Anvisa! Pomada de cabelo pode levar à cegueira temporária; Veja qual

Imagem: Reprodução/Google





A Anvisa (Agência Nacional de Saúde Sanitária) emitiu um alerta na última terça-feira (13) sobre a ocorrência de casos de cegueira temporária causada por pomadas que trançam e moldam os cabelos.


O comunicado foi emitido depois que o regulador fez um resumo de relatórios e notícias sobre efeitos colaterais e reações dessa categoria de cosméticos.


No entanto, a perda temporária da visão é apenas um dos perigos. Os relatórios incluem queimação grave nos olhos, lacrimejamento constante, coceira, inchaço, vermelhidão e até dores de cabeça. Adultos e crianças relataram reações a produtos de diferentes marcas brasileiras.


Segundo relatos, os casos ocorreram principalmente após natação e piscinas, informa a Anvisa.


Casos de cegueira temporária


Este ano, vários casos de cegueira temporária e fortes reações alérgicas foram relatados na imprensa e nas mídias sociais. No início de dezembro, duas mulheres sofreram cegueira temporária após o uso desse tipo de pomada em São João Napomuseno, na Zona da Mata, Minas Gerais.


Além disso, o caso de uma criança de cinco anos ganhou as redes sociais após a denúncia de sua mãe, Anna Fialho (28 anos). Naquela época, a menina relatou um forte entusiasmo em seus olhos depois de entrar na piscina com o produto no cabelo.


Outros casos foram notificados no Rio de Janeiro e em São Paulo. Em um comunicado da Anbiza, a agência pede que as pessoas continuem relatando o incidente em seu site oficial.


Recomendações Anvisa


A Anvisa exige que os órgãos relatem os efeitos indesejados à saúde causados por produtos de tricô e penteados capilares. A agência também apresentou algumas recomendações para uso nesse tipo de cosmético.


  • Utilize apenas produtos regulamentados pela Anvisa.

  • Consulte o fornecedor do produto para obter informações específicas sobre as precauções recomendadas a serem usadas.
  • Procure opções de cosméticos naturais.
  • Lave sempre as mãos ao usar o produto.
  • Siga sempre as instruções do fabricante/importador relativamente às condições de utilização do produto.
  • Respeite a data de validade do produto.]

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem