Atenção! CadÚnico terá novo limite em 2023 e mais pessoas poderão entrar; Confira benefícios e mudanças

Imagem: Reprodução/Google





Com o início de mais uma fase do Governo Lula em 2023, muitas mudanças estão previstas e esperadas que afetarão diferentes áreas da vida dos cidadãos. Uma das alterações corresponderá ao rendimento necessário para fazer parte do Registo Único (CadÚnico) a partir de janeiro.


É por meio dele que o governo federal assume a gestão das famílias elegíveis para programas sociais como o Bolsa Família ou o BPC/Loas. Essa mudança entrará em vigor a partir de 1º de janeiro de 2023, quando começa o novo mandato do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva.


Confira as principais mudanças e como elas afetam você.


O que acontece com a renda de CadÚnico?


A partir de janeiro de 2023, o valor do novo salário mínimo passará a valer em todo o Brasil, afetando o valor dos benefícios oferecidos pelos programas sociais. Outras medidas, como a renda para receber assistência social prestada pelo governo, também mudarão com a mudança.


Isso porque o Cadúnico é um sistema que tem como objetivo cadastrar pessoas em situação de vulnerabilidade social, sejam elas pobres ou extremamente pobres. Assim, a renda estabelecida para participar do banco de dados é de até meio salário mínimo por pessoa ou até três salários mínimos para as famílias.


Com o aumento da remuneração base para R$ 1.302, o valor concedido a um único cadastro também mudou. Isso permite que os cidadãos recebam o seguinte para participar de programas sociais federais:


  • Renda mensal até metade do salário mínimo per capita, equivalente a R$ 651 em 2023.
  • Renda mensal bruta de até 3 salários mínimos, total de R$ 3.906.

Aumento dos limites de Cadúnico


Como mencionado anteriormente, com um aumento no valor do salário, o limite de renda permitido para inscrição em um único registro aumenta. Assim, os limites para o recebimento dos diferentes benefícios sociais oferecidos, como o Bolsa Família e o Vale gás, também mudarão.


Os interessados em participar em 2023 devem se inscrever diretamente em uma unidade do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Para mais informações sobre os requisitos solicitados, visite o site do governo federal.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem