Auxílio Brasil de Dezembro antecipado: Veja o calendário completo

Imagem: Reprodução/Google



Como geralmente acontecia com o antigo Bolsa Família, os repasses do Auxílio Brasil em Dezembro também serão antecipados devido ás festas de final de ano. Os benefícios começam a ser pagos no dia 12, e o beneficiário com Número Final de Identificação Social (NIS) 1 recebe o valor primeiro.


Entre os dias 12 e 23 de dezembro, os usuários receberão auxílio brasileiro de cerca de R$ 600. De acordo com o Ministério da Cidadania, de outubro a novembro, 400 mil famílias foram incluídas no salário do programa, e o número de beneficiários passou de 21,13 milhões para 21,53 milhões.


Vale gás também será pago em Dezembro


Além do auxílio Brasil, outro benefício também é pago. Trata-se do Vale Gás, um programa social que ajuda famílias a comprar um botijão de gás de 13kg. Originalmente, o valor da transferência era equivalente a 50% do preço médio do item, mas isso mudou após o kamikaze PEC. Hoje, o valor repassado é igual a 100% do preço do gás de cozinha.


O cronograma de pagamento do comprovante de gás de dezembro do mês passado, que é repassado em valor igual a 100% do preço da botija de gás, é o mesmo do cronograma de pagamento da ajuda brasileira. As famílias que fazem parte da folha de pagamento dos dois programas têm acesso a dois pagamentos no mesmo dia.


No próximo ano, espera-se que o vale gás retorne a apenas 50% do preço médio. Ou seja, voltará a ser como era antes de ser adotado, em meados deste ano. Portanto, os usuários devem ter cuidado para não se surpreender ao ver os benefícios e ter cuidado para não se deparar com valores mais baixos.





Quem pode receber o auxílio Brasil?


O auxílio Brasil é pago às famílias com pobreza extrema (renda familiar mensal per capita inferior a R$ 105), pobreza (renda familiar mensal per capita entre R$ 105 e R$ 210) e regras de emancipação. É essencial atualizar o CadÚnico.


Atualmente, a média nacional de ajuda ao Brasil é de R$ 607,57. A expansão, aprovada pelo atual presidente Jair Bolsonaro (PL), estabeleceu que esse valor só será pago até o final deste ano. Por isso, para o ano que vem, o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) já está trabalhando em uma proposta que pode garantir a continuidade de R$ 600.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem