Ex-ministro preso no escândalo do Mensalão, José Dirceu, participa ativamente da articulação de Lula nos bastidores; Veja detalhes

Imagem: Reprodução/Google




O ex-ministro José Dirceu, que foi um dos mais fortes no governo anterior do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, retornou silenciosamente à política. Nos bastidores, ele dá orientações e dicas sobre as decisões políticas que impulsionam os primeiros passos do novo Governo.


Fontes relacionadas ao governo interino e parlamentares de esquerda ouvidos pelo R7 afirmam que o ex-ministro intensificou os movimentos nos bastidores nas últimas semanas. Participou de eventos com aliados do governo e manteve contato com cúpulas do PT.


Há vinte anos, quando se tornou primeiro-ministro da Assembleia Cidadã, Dirceu era o grande nome político de Lula, atuando como braço direito da tomada de decisões, esclarecimentos junto ao parlamento e orientações sobre programas iniciados durante seu governo. No entanto, o escândalo dos pagamentos mensais e as prisões em 2005 fizeram com que ele perdesse o poder e fosse marginalizado por alguns aliados para não prejudicar a campanha política.


Com a vitória de Lula, Dirceu volta a ser influente e procurado por parlamentares e políticos que querem se aproximar de Lula e de ministros. Publicamente, Putista nega qualquer vínculo estreito ou consultas com o ex-ministro.


No entanto, fontes confirmam que, embora ele não tenha mais a mesma autoridade para nomear para formar o próximo executivo, Dirceu não se afastará completamente e está mais uma vez se tornando uma figura importante nos bastidores de Brasília.


Na campanha, Dirceu atuou ativamente para defender Lula e trabalhou pela vitória dos petistas. Seu filho, o deputado Zeca Dirceu (PT-PR), faz parte do grupo de transição. Faz parte do Grupo de Trabalho de Turismo.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem