Mega da Virada: Cachê recebido por Gusttavo Lima causa polêmica; Veja!

Imagem: Reprodução/Google




De acordo com o portal Movimento País, a pedido do presidente Jair Bolsonaro, o dinheiro recebido pelo sertanejo Gustavo Lima para aparecer na campanha Mega Da virada 2021 foi mantido em segredo por 100 anos.


De acordo com o portal de transparência federal, a Caixa Econômica Federal gastou cerca de 10 milhões de reais em uma campanha para promover Mega da Virada. No entanto, a alocação e o uso desse dinheiro não são divulgados.


Os dois vencedores dividiram o prêmio de R$ 300 milhões da Mega Da Virada 2021, que foi de cerca de R$ 162 milhões cada.


Sertanejo Gustavo Lima é um dos maiores apoiadores do atual presidente e amigo pessoal do filho de Bolsonaro, Renan Bolsonaro. Lima, pouco antes do fim do segundo turno das eleições, apareceu ao lado do presidente de Brasília e, acompanhado de outros Air Riza, apelou aos fãs para votarem em Bolsonaro.


Gustavo Lima e seus cachês superfaturados 


Após um impacto significativo no valor pago pelo cache, uma investigação foi iniciada contra Gusttavo. Tudo começou com os comentários do cantor Zé Neto, dupla com Cristiano. Durante o show, o sertanejo criticou a cantora Anitta, dizendo que ele "não depende" da lei de incentivos à cultura. No entanto, usuários da rede social Twitter revelaram que a cantora teria arrecadado R$ 400 mil da prefeitura de Sorriso (fundos públicos) pelo show realizado na 33ª Exporriso. 


Gustavo Lima


Gustavo Lima, nome artístico de Nivaldo Batista Lima, é um cantor, compositor, produtor musical e empresário brasileiro que é um dos nomes e influências mais proeminentes da música brasileira. Tornou-se conhecido em todo o país pela popularidade da canção "Balada".

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem