Presidente Bolsonaro tem agenda no Planalto pela 5ª vez desde derrota nas urnas; Veja

Imagem: Reprodução/Google



O presidente Jair Bolsonaro (PL) deixou sua residência oficial, o Palácio Alvorada, na manhã desta terça-feira (29/11) para enviar ao Palácio Planalto, o escritório oficial do presidente da República.


Esta é a quinta vez que o atual presidente do Executivo Federal vai ao planalto desde que perdeu para Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na eleição presidencial deste ano. Nesta manhã, um grupo de bolsonaristas foi visto em uma pequena manifestação em frente ao palácio.


A primeira vez que Bolsonaro esteve no gabinete presidencial após falhar em sua missão de reeleição foi em 31 de outubro, um dia após o segundo turno. Naquela época, ele se reuniu com o ministro da Economia, Paulo Guedes. No dia 3 de novembro, o presidente voltou ao local para cumprimentar o vice-presidente eleito Gerald Alkmin (PSB). A nomeação não foi divulgada oficialmente.


Na semana passada, 23 de novembro, após 20 dias de prisão, Bolsonaro foi ao gabinete oficial do gabinete presidencial, onde cumpriu um horário de cinco horas. Naquela época, recebeu o senador eleito e ex-ministro de Governo Rogério Marinho (PL-RN).


No dia seguinte, o presidente retornou ao Palácio do Planalto para se reunir com o vice-diretor jurídico da Secretaria Renato de Lima França.


Agente prevista para terça-feira


De acordo com a pauta oficial, Bolsonaro deve se reunir com o suboficial jurídico da Secretaria, Renato França, na tarde desta terça-feira.


Embora não seja revelado, o presidente é esperado com uma cantata de Natal no Palácio do Amanhecer. O evento é organizado por voluntários do Pátria, coordenados pela primeira-dama Michel Bolsonaro. Cerca de 60 crianças devem participar do evento.


Fora da pauta, os atuais proprietários do Palácio do Planalto também se reunirão com Eduardo Eugênio Vieira, presidente da Confederação da Indústria do Rio de Janeiro (Filjan). Espera-se também que Bolsonaro encontre o presidente do PL, Valdemar Costaneto. Se confirmada, a reunião será realizada uma semana após o PL entrar com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e pedir verificação especial dos resultados da segunda eleição.


Primeira viagem após a eleição


No último sábado (26/11), Jair Bolsonaro participou da cerimônia de formatura da academia militar de Agulhas Negras (Aman), no Rio de Janeiro. Foi a primeira vez que o CEO viajou desde a derrota para Lula.


Além de Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourán (republicano), o ministro da Defesa, Paulo Sergio Nogueira. Luis Eduardo Ramos, da Secretaria. Augusto Heleno, da Agência de Segurança Institucional (GSI), acompanhou os delegados com solenidade militar.


Em determinado momento do evento, parentes dos formandos insinuaram um grito de "mitologia" a Bolsonaro, que viu apenas simpatizantes. A cerimônia não teve um discurso do presidente, que simplesmente entregou espadas e medalhas aos graduados.


Bolsonaro reduziu sua agenda


De acordo com o registro da agenda do presidente, a promessa oficial do diretor executivo foi reduzida em 63% devido à reclusão de representantes do Palácio da Alvorada.


Por exemplo, de 30 de outubro a 18 de novembro, Bolsonaro foi nomeado apenas 27 vezes como presidente. Durante o mesmo período do ano anterior, a agenda oficial registrou 74 reuniões e eventos.


Em comparação com seu primeiro ano como presidente da República, os cortes foram ainda maiores. Entre 31 de outubro e 18 de novembro de 2019, Bolsonaro teve 101 compromissos. No mesmo período do ano seguinte, já com a pandemia do coronavírus, foram contabilizadas 66 agendas oficiais.


Nas últimas semanas, o atual presidente só recebeu familiares e aliados próximos, como ministros, parlamentares e assessores no Palácio da Alvorada, residência oficial do Palácio do Planalto.


O fluxo de apoiadores no local, que costumava ser grande e diário, também diminuiu recentemente. Desde que perdeu a eleição, Bolsonaro deixou de cumprimentar seus apoiadores com o "cercadinho" de Alvorada, como tem sido costume nos últimos anos.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem