Presidente eleito, Lula, anuncia Fernando Haddad como Ministro da Fazenda; Veja

Imagem: Reprodução/Google



O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva anunciou nesta Sexta-Feira, 9, os primeiros nomes que constituiriam a primeira fase dos ministérios do terceiro governo à frente do Brasil. O destaque é o nome de Fernando Haddad, que assumirá o Ministério da Fazenda a partir de 1º de Janeiro.


Figura de confiança de Lula, ele assume a segunda pasta do governo do PT – ex-ministro da Educação de 2005 a 2012. Huddad era um advogado e mestre em economia, e seu nome veio à tona logo após o final do segundo turno, ofendendo muitos no mercado em favor de economistas liberais como Enrique Meireles e Persia Alida.


No início da era Bolsonaro, a economia que passou a ser chamada de Super Ministério foi desmontada e, além disso, voltou às mãos de nomes políticos, como foi durante o primeiro regime de Lula, no qual Antonio Parocci era o líder da pasta.


Após o desmonte, a economia cria o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio Exterior (MDIC) e o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, além do Ministério da Fazenda.


Também nesta sexta-feira, antes da formalização da chefia do Tesouro, Haddad acenou aos jornalistas que já começaria a montar sua equipe. No entanto, ele disse que não anunciaria o nome nas próximas horas.


Além de Fernando Haddad, Lula anunciou os seguintes nomes:


Rui Costa (Casa Civil);

Flavio Dino (Justiça e Segurança Pública);

José Múcio Monteiro (Defesa);

Mauro Vieira (Itamaraty).

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem