Veja o passo a passo de como calcular o 13º Salário

Imagem: Reprodução/Google




O subsídio salarial de Natal, conhecido como o 13º salário, é um tipo de bônus pago entre Novembro e Dezembro. Esse benefício garante que os trabalhadores que possuem licença editada e assinada no Brasil pela lei 4.090 equivalem a 1/12 de sua remuneração mensal.


Quem pode receber o 13º salário?


Este benefício é concedido aos trabalhadores dos setores público e privado. Seja de áreas urbanas ou do campo, soltas e domésticas. Após 15 dias de serviço, registrado sob o regime CLT, o trabalhador já tem direito ao 13º salário.


Os funcionários que são demitidos sem justa causa ou cujo contrato foi rescindido são elegíveis para benefícios. Além disso, também recebe aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).


Quando o 13º salário deve ser pago aos trabalhadores?


O décimo terceiro salário deve ser pago em duas parcelas. De acordo com a legislação brasileira, a primeira parcela do 13º salário deve ser paga entre 1º de fevereiro e 30 de novembro.


A empresa deve depositar a segunda parcela do abono na conta do empregado até o dia 20 de dezembro.


Eu não recebi meu 13º salário a tempo, então agora?


Caso a primeira parcela do 13º salário não seja paga até o dia 30 de novembro, o cidadão terá que tomar uma série de medidas. O primeiro passo é procurar o setor de RH (recursos humanos) da empresa em que atua, a melhor solução é sempre chegar a um acordo com o seu empregador.


Desta forma, vamos procurar alternativas juntos para que nenhum de nós seja prejudicado. Os trabalhadores devem receber um 13º salário, mas a empresa pode não ter recursos em dinheiro até 30 de novembro. Nesse caso, ao calcular o 13º salário de um empregado, o empregador pode depositar o valor total até dezembro.


Na ausência de acordo, a empresa pode ser multada, e você terá que pagar R$ 170,25 por funcionário, e se isso ocorrer antes da reincidência, ou seja, o mesmo problema, o valor pode ser dobrado.


Para receber a coisa certa, o trabalhador deve denunciar a empresa ao Ministério do Trabalho.


Como usar a calculadora do décimo terceiro?


Para usar a 13ª Calculadora de Folha de Pagamento FDR, insira os seguintes dados:


Salário bruto: O valor registrado na carteira, sem desconto.

Número de dependentes: Se houver alguém dependente de você, como crianças.

Média de horas extras: Se você estiver trabalhando horas extras, adicione o valor médio do salário como base para o cálculo.

Meses de trabalho: É o número total de meses trabalhados no ano.

Parcelamento: Defina se quiser saber o valor do pagamento fixo ou pagar em duas parcelas.


Atenção: Além das horas extras, alguns outros pagamentos podem interferir no cálculo e devem ser adicionados ao valor do salário.


Noites adicionais;

Comissão;

Adicional de insalubridade;

Faltas não justificadas.

Benefícios como vale alimentação, vale-transporte e PLR (Participação nos Lucros) não serão inseridos em sua conta.


Exemplo de cálculo do 13°


Para calcular o valor do décimo terceiro salário, é necessário levar em conta o salário bruto, ou seja, o salário que a empresa pode estar no piso da classe como parâmetro mensal. Ou seja, não levamos em conta o salário líquido com o qual você pode contar com cortes de impostos, contribuições, empréstimos e pensões.


Em seguida, você precisa levar em conta que o cálculo de 13 dias é apenas um pagamento adicional além de 12 meses de trabalho. Justamente nessa parte é necessário levar em conta a quantidade de dinheiro que o funcionário recebeu ao longo do ano, bem como quantos meses ele trabalhou.


Cálculo:


Salário bruto / 12 x meses trabalhados = 13° valor.

Se eu ganhar R$ 1.212 por mês e trabalhar por 13 meses, quanto receberei do meu sexto salário?


R$ 1.212 / 12 = R$ 101

R$ 101 x 6 meses trabalhados = R$ 606


É claro que, se houver um salário adicional sobre o salário bruto, o valor pode mudar.


Como calcular o 13º salário proporcional?


O cálculo do 13º salário proporcional é muito simples! Para ajudá-lo, preparamos um exemplo:


Salário integral (salário bruto): R$ 3.200

Número de meses de serviço: 5 meses (12 meses ou mais)

3.200/12 = 266,66

266,66 x 5 = 1333,33


R$ 1.333,33 será o valor do 13º salário do trabalhador.


Como calcular o pagamento da 13ª hora extra?


O primeiro passo para calcular o 13º pagamento de horas extras é saber a quantidade exata de horas trabalhadas. Use a calculadora de horas extras para isso!


Em seguida, conte o número de horas extras realizadas no mês. Você pode encontrar os dados em suas pedras de buraco.


Como exemplo, utilizaremos uma hora adicional de R$ 20,00 e um total de 60 horas extras que serão realizadas ao longo do ano.


60 x 20 = 1.200


Você deve então adicionar esse resultado ao seu salário bruto para se certificar de que o valor do seu 13º salário será mais preciso.


Desconto no valor do 13º salário


Talvez, no momento da consulta sobre o pagamento do 13º salário, a fim de descobrir quanto receber em bônus, o trabalhador tenha uma surpresa desagradável. Isso porque o desconto é aplicado ao cálculo de 13°, o que pode afetar o valor final do pagamento.


No entanto, nem é preciso dizer que a redução só se aplica à segunda ou uma parcela de 13° e está relacionada às contribuições do IRPF (Imposto de Renda da Pessoa Física) e do INSS. O valor do desconto depende de quanto o trabalhador ganha a cada mês.


Descontos INSS (Programação 2022)


Até R$1.212: 7,50%;

R$ 1.212,01 a R$ 2.427,35: 9%;

R$ 2.427,36 a R$ 3.641,03: 12%;

R$ 3.641,04 a R$ 7.087,22: 14%.


Descontos IRPF (Tabela 2022):


Até R$1.903,98: Isento;

R$ 1.903,99 a 2.826,65: 7,50%;

R$ 2.826,66 a 3.751,05:15%;

R$ 3.751,06 a 4.664,68: 22,50%;

De 4.664,68: 27,50%.


Descontos no valor do 13° salário


Considere um cenário em que um trabalhador recebe R$ 3.500 de salário bruto e tem direito a R$ 3.500 de 13°. Na primeira parcela ele recebeu um depósito de R$ 1.750 da empresa, enquanto na segunda pagamento recebe:


R$ 1.750 (ver outros 50%) - R$ 420 INSS (taxa de 12%) - R$ 525 irpf (taxa de 15%) = R$ 13,00 para o dia 13.


Qual o 13º salário pago pelos aposentados e pensionistas do INSS? O pagamento do 13º salário do INSS também é feito em duas parcelas para aposentados e pensionistas. Não é liberado apenas para quem recebe BPC (benefício contínuo), mas não há benefício porque é um benefício previdenciário, não previdenciário.


A lei garante que os pagamentos sejam feitos nos últimos dois meses do ano. Mas foi bom para o governo federal anunciar uma portaria prevendo o pagamento do 13º salário do INSS. Os recursos para pagar esses valores já estão no erário, então não vão interferir no orçamento público.


No ano da pandemia e em 2022 o depósito foi feito no primeiro semestre do ano, mas essa não é a regra. Os pagamentos também podem ser feitos na primeira parcela até junho e na segunda parcela até setembro. Para saber quanto você receberá do 13º salário no INSS, é preciso usar o mesmo cálculo para os trabalhadores e consultá-los no Meu INSS.


Entre no Meu INSS.

Selecione a opção "Extrair" no menu.

Em seguida, selecione "Faturas".

Descubra quando você precisa transferir o valor para sua conta.


Quem não tem direito a receber o 13º salário?


Os trabalhadores da CLT que estiveram injustificadamente ausentes mais de 15 vezes em um ano perdem o direito a 13 dias. Os trabalhadores que são despedidos por boas razões também não podem receber subsídios.


Estão excluídos do grupo que poderá receber o 13º salário.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem