Atenção, aposentados! Começa pagamento de Benefício com NOVO valor; Confira

Imagem: Reprodução/Google




Os 37 milhões de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começarão a receber benefícios em reajuste a partir desta Quarta-Feira, dia 25. Isso porque o novo salário mínimo também vai aumentar o valor do INSS. Agora, o novo piso será de R$ 1.302.


Na realidade, esse valor é 1.212% maior que o valor de R$ 7,42, referente ao salário mínimo do ano passado.


Reajuste


No entanto, vale ressaltar que para quem receber benefícios no piso, o reajuste será feito a partir do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) 2022. O aumento foi de 5,93%, de modo que o teto de benefícios pagos pelo INSS sobe de R$ 7.087,22 para R$ 7.507,49.


Por fim, para quem recebe o salário mínimo, vale lembrar que o depósito referente ao primeiro mês de 2023 é feito entre os dias 25 de janeiro e 7 de fevereiro. Por outro lado, os segurados que tenham renda acima do piso deste país começam a receber a partir de 1º de fevereiro.


Data de vencimento do pagamento


Para verificar a data que o beneficiário receberá do INSS, basta verificar o número final do cartão de benefício (número NIS), sem levar em conta o dígito de cheque (que aparece após o traço).
Mas para quem já se beneficiou há algum tempo, ainda vale as datas habituais. No total, mais de 37 milhões de pessoas recebem aposentadoria ou pensão do INSS.


Piso da Segurança Social


O benefício mínimo para o piso da Previdência Social, ou INSS, será de R$ 1.302. Portanto, é o mesmo valor do salário mínimo, que está em vigor desde o início de 2023.


Da mesma forma, a assistência à segregação paga aos dependentes de segurados de baixa renda recolhidos na prisão sob regime fechado será de R$ 1.754,18 como limite de contribuição. Por outro lado, o Benefício Continuado (BPC) é de R$ 1.302. Vale lembrar que o BPC tem como foco os idosos e deficientes que se encontram em extrema pobreza.


Para seringueiros e benefícios pagos a dependentes, esse valor chega a R$ 2.604. Nesse cenário, em síntese, a alocação salarial da família também foi ajustada para R$ 59,82 para aqueles com remuneração mensal inferior a R$ 1.754,18.


Revisão dos programas de bem-estar social


O STF, ainda falando em benefícios concedidos pelo INSS, concedeu uma revisão vitalícia da aposentadoria. Na prática, os ministros decidiram (por 6 votos a 5) que os segurados poderiam entrar na Justiça e pedir uma nova revisão dos benefícios. Em certo sentido, todas as contribuições feitas ao longo da vida são levadas em conta.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem