24.1 C
São Paulo
sexta-feira, junho 9, 2023

Atenção brasileiros! Gasolina ficará mais barata com nova política de preços da Petrobrás? Entenda

Leia Mais

A Petrobrás anunciou sua nova política de preços de combustíveis nesta terça-feira (16).
Imagem: Google

A Petrobrás anunciou sua nova política de preços de combustíveis nesta terça-feira (16). Com essa mudança, a empresa mantém preços competitivos em relação aos mercados em que atua. No entanto, a emenda elimina a subordinação compulsória à paridade de importação.

Por isso, a nova política leva em conta os custos alternativos do cliente, o valor priorizado na precificação e o valor marginal da Petrobras. Os custos de substituição do cliente incluem a substituição de fornecimento principal, seja referente a fornecedores do mesmo produto ou produtos alternativos.

No caso do valor marginal das estatais, esse item é baseado nos custos de oportunidade decorrentes de diversas alternativas da empresa. Assim, além do petróleo utilizado no refino, estão incluídas a produção, importação e exportação de produtos.

Uma alternativa mais acessível para os clientes

Com a nova política de preços, a Petrobras explica que visa garantir um preço competitivo por polo de venda e equilibrar com os mercados doméstico e internacional. Além disso, o Estado pretende ainda ter em conta “a melhor alternativa acessível aos clientes”.



“Essa estratégia permitirá à Petrobras competir de forma mais eficiente considerando sua participação de mercado e otimizar seus ativos de refino e rentabilidade de forma sustentável”, disse a estatal.

Portanto, essa mudança dará à Petrobras mais flexibilidade para praticar preços competitivos. Isso se deve ao fato de que a nova fórmula leva em conta melhores condições de produção e logística. Portanto, o valor continuará competindo com outros partidos que vendem combustível no país.

“A precificação competitiva mantém níveis de preços que garantem a realização dos investimentos previstos no plano estratégico, com a premissa de manter a sustentabilidade financeira da empresa”, afirmam. Além disso, os ajustes continuam sendo executados sem periodicidade definida.

More articles

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias