16.3 C
São Paulo
quarta-feira, maio 29, 2024

Novo valor do salário mínimo surpreende: R$ 1.994,56 anunciados pelo Governo; Confira!

Veja mais

O salário mínimo é a base dos pagamentos que um trabalhador no Brasil em vínculo empregatício formal deve pagar todos os meses. A cada ano, o valor é reajustado para que o poder de compra dos trabalhadores seja mantido.

Este ano, é de se esperar um aumento significativo na quantidade de dinheiro que determinados grupos recebem. O Executivo propôs que o reajuste do salário mínimo no Rio Grande do Sul ultrapasse 9%.

O projeto de lei que prevê o aumento já foi aprovado pela Assembleia Legislativa, e o valor mínimo está bem acima da inflação. O reajuste deve alterar o mínimo do estado entre R$ 1.573,89 e R$ 1.994,56.

Esse valor é aplicado com base no limite inferior mínimo da região. O índice inclui categorias para as quais não há previsão de reajuste no CBA. De acordo com o projeto aprovado, o realinhamento deve ter como data base 1º de maio.

O recondicionamento é feito pista a pista. Dessa forma, cada trabalhador precisa ver em qual grupo se enquadra para saber o quanto precisa ser reajustado. Esse valor entrará em vigor em maio, portanto, você já deve ter recebido o pagamento reajustado em Junho.


Confira a categoria para cada faixa de reajuste do salário mínimo.

Faixa 1: Salário mínimo R$ 1.573,89

Agricultura e Pecuária;
Indústrias Extrativas;
Empresas de Capturação do Pescado;
Empregados Domésticos;
Turismo e Hospitalidade;
Indústrias da Construção Civil;
Indústrias de Instrumentos Musicais e de Brinquedos;
Estabelecimentos Hípicos;
Empregados Motociclistas no Transporte de Documentos e de Pequenos Volumes – “Motoboy”;
Empregados em Garagens e Estacionamentos.

Faixa 2: Salário mínimo R$ 1.610,13

Indústrias do Vestuário e do Calçado;
Indústrias de Fiação e de Tecelagem;
Indústrias de Artefatos de Couro;
Indústrias do Papel, Papelão e Cortiça;
Empresas Distribuidoras e Vendedoras de Jornais e Revistas, além de Empregados em Bancas e Vendedores Ambulantes;
Empregados da Administração das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas;
Estabelecimentos de Serviços de Saúde;
Serviços de Asseio, Conservação e Limpeza;
Empresas de Telecomunicações, Teleoperadores (Call Centers), Telemarketing, Operadores de VoIP (Voz sobre IP), TV a Cabo e Similares;
Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares.

Faixa 3: Salário mínimo R$ 1.646,65

Indústrias do Mobiliário;
Indústrias Químicas e Farmacêuticas;
Indústrias Cinematográficas;
Indústrias da Alimentação;
Comércio em Geral;
Agentes Autônomos do Comércio;
Exibidoras e Distribuidoras Cinematográficas;
Movimentadores de Mercadorias em Geral;
Comércio Armazenador;
Auxiliares de Administração de Armazéns Gerais.

Faixa 4: Salário mínimo R$ 1.711,69

Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico;
Indústrias Gráficas;
Indústrias de Vidros, Cristais, Espelhos, Cerâmica de Louça e Porcelana;
Indústrias de Artefatos de Borracha;
Empresas de Seguros Privados e Capitalização, e Agentes Autônomos de Seguros Privados e de Crédito;
Edifícios e Condomínios Residenciais, Comerciais e Similares;
Indústrias de Joalheria e Lapidação de Pedras Preciosas;
Auxiliares em Administração Escolar (Empregados de Estabelecimentos de Ensino);
Entidades Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional, Marinheiros Fluviais, Vigilantes, Marítimos do 1º Grupo de Aquaviários em Diversos Níveis.

Faixa 5: Salário mínimo R$ 1.994,56

Trabalhadores técnicos de nível médio, tanto em cursos integrados, quanto subsequentes ou concomitantes.

Veja Mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias