17.4 C
São Paulo
terça-feira, maio 21, 2024

Confira como receber o benefício do BOLSA FAMÍLIA morando sozinho

Veja mais

O Bolsa Família voltou ao principal programa de transferência de renda do Brasil. Com cara nova em 2023, a iniciativa apresenta uma transformação completa em relação às edições anteriores.
Imagem: Reprodução/Canva Premium

O Bolsa Família voltou ao principal programa de transferência de renda do Brasil. Com cara nova em 2023, a iniciativa apresenta uma transformação completa em relação às edições anteriores. Um bom exemplo disso são as reformas coordenadas pelo ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Diaz. A medida excluiu o apoio a muitos indivíduos que vivem sozinhos em casa.

Essa mudança levou muitos brasileiros a acreditarem que essa categoria não é mais levada em conta. No entanto, é importante esclarecer que uma única família não pode ser impedida de adquirir os recursos do Bolsa Família. Além disso, não impede que você se cadastre em um cadastro único para inserir uma lista de beneficiários. No entanto, o procedimento, neste caso, segue um caminho diferente. Veja abaixo.

Cidadãos que moram sozinhos podem aderir ao Bolsa Família

Antes de mais nada, é preciso esclarecer que as pessoas que moram sozinhas não estão proibidas de receber parcelas do programa Bolsa Família ou se inscrever em um único cadastro. No entanto, o processo é diferente e exige um registro especial, ou seja, um acordo de responsabilidade. Por meio desse documento, os indivíduos confirmam seu conhecimento de que adulterar informações é considerado crime.

Além disso, segundo o documento, o fornecimento de dados falsos com direito aos benefícios é motivo suficiente para excluir da lista de beneficiários. O documento também alerta para possível convocação por parte do município ou do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). Em resumo, esta chamada destina-se a atualizar dados para comprovar a elegibilidade do programa.

Como se inscrever

Primeiro, você precisa se registrar com um único registro. No momento da inscrição, o governo federal analisa a situação social e econômica do indivíduo e garante o cumprimento das diretrizes do programa. O cadastro deve ser feito na unidade mais próxima, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Vale lembrar que durante a entrevista, o cidadão deve assinar um termo de responsabilidade.

Se os documentos civis não estiverem disponíveis no momento da celebração do contrato, é dada prioridade à emissão de uma lista. Além disso, na ausência de um certificado de residência, é possível fornecer uma declaração manuscrita contida no próprio contrato de responsabilidade. Por fim, é importante destacar que, para as famílias unipessoais, a renda mensal total permitida é de até metade do salário mínimo vigente no país, ou seja, R$ 660.

Novos pagamentos serão feitos em Agosto

A boa notícia é que o pagamento de agosto do programa Bolsa Família foi confirmado. Para verificar se você está na lista de beneficiários deste mês, basta:

Acesse o aplicativo Caixa Tem.

Android: https://bityli.com/SVbrUS
iPhone (iOS): https://bityli.com/FwISrT

Acesse o aplicativo Bolsa Família – insira seu CPF e senha de login.

Android: https://bityli.com/QWgjUA
iPhone (iOS): https://bityli.com/DiMLHl
Ligue para a Caixa Econômica (111).

Veja Mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias