25.5 C
São Paulo
quarta-feira, maio 22, 2024

Atenção! Inscritos ativos no CadÚnico irão receber um NOVO pagamento; Veja detalhes sobre o benefício

Veja mais

Como muitos de vocês devem saber, o “registro único” é atualmente a porta de entrada para receber vários benefícios de suporte. Por meio dele, milhares de brasileiros recebem assistência que os ajuda a sair de suas situações de vulnerabilidade social, dando-lhes recursos e dinheiro. Recentemente, aliás, os cartórios passaram a oferecer pagamentos diferenciados, desta vez para determinados grupos.

Então, se você quer saber como funciona esse novo pagamento, como se cadastrar e receber, e quem tem acesso a ele, continue lendo o texto a seguir.

Novos benefícios para jovens através do Cadastro Único

Antes de mais nada, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou na última terça-feira (28/11) uma medida provisória (PT) que estabelece o pagamento de um novo programa com cadastro único, voltado para jovens que estudam em escolas públicas. Por isso, o novo auxílio visa apoiar esse grupo com transferências financeiras (desde que dentro de algumas regras).

Em suma, trata-se de uma espécie de poupança na educação, cujo principal objetivo é evitar a evasão escolar, que geralmente ocorre porque os jovens têm que trabalhar e têm que abandonar a escola. Diante disso, o governo federal reconhece que a cada ano os adolescentes precisam decidir se terminam os estudos ou começam a ajudar em casa, devido às necessidades de suas famílias.

Por isso, o novo programa deve fazer a diferença nesse cenário. Até o momento, a estrutura foi executada da seguinte forma:



Depósitos mensais: Todos os meses, o governo deposita em cadernetas de poupança criadas especificamente para os beneficiários. Ainda não há determinação de valor.
Reembolso de fim de ano: Os alunos que se beneficiam do Cadastro Único podem resgatar o valor após a conclusão de cada ano letivo, ou seja, após o dinheiro ter se acumulado ao longo do ano letivo.
Requisitos e conformidade: Primeiro, como de costume, é importante que os alunos frequentem uma escola específica, além de manter os dados do Cadastro Único atualizados, matriculando-se no ano seguinte e participando de todas as avaliações.

Como faço para me inscrever para ter acesso ao benfício?

Além disso, quem tiver interesse na possibilidade de receber novos pagamentos terá que se cadastrar por meio de um cadastro único para ter acesso ao valor. Isso acontece quando o beneficiário precisa ir até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e levar consigo todos os documentos da pessoa que mora com ele na mesma residência, além de documentos próprios.

Lá, é importante fazer uma entrevista em que o beneficiário que fornecer esses dados e cadastrar será responsável pela família. Por isso, aliás, é importante que ele seja maior de 16 anos, de preferência uma mulher. Entre outras regras de participação, a família deve receber apenas metade do salário por pessoa.

Em particular, os benefícios ainda estão em fase de desenvolvimento e não estão disponíveis no momento. Por isso, quem quiser participar terá que aguardar novas informações.

Veja Mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias