12.4 C
São Paulo
quinta-feira, maio 30, 2024

As Inscrições para garantir CNH gratuita começam nesta segunda-feira (11); Veja como adquirir o documento sem pagar nada

Veja mais

As inscrições para o programa “CNH Social”, que oferece gratuitamente a primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH) a pessoas de baixa renda, abrem nesta segunda-feira (11). Um decreto regulamentando a lei foi promulgado no dia 1º deste mês.

Segundo o Governo, 100% da taxa de emissão será paga aos beneficiários que se enquadrarem nos critérios do programa.

A estimativa é atender 10 mil pessoas neste ano, garantindo o direito à mobilidade e elegibilidade no mercado de trabalho.

Os candidatos aprovados pelo programa não pagam taxas ou despesas com exames médicos, cursos teóricos e práticos necessários para a obtenção da CNH.

As inscrições podem ser feitas pelo site da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc). A avaliação dos candidatos e a seleção dos beneficiários também são realizadas pelo ministério.

A lista de candidatos é encaminhada ao Departamento de Administração de Transportes do Estado (Detran) para atendimento.

Quem pode se candidatar?

Para se inscrever no programa, é preciso estar cadastrado no Cadastro Único (CAD Único), ter idade mínima de 18 anos, saber ler e escrever e residir no estado de Mato Grosso há pelo menos um ano.

Segundo o governo, quem já abriu o Cadastro Nacional de Habilitações Habilitadas (Renach) não pode participar. O programa também não inclui a renovação da carteira de habilitação ou a emissão de documento final.

O beneficiário não paga os seguintes custos:

  • Exames de saúde física e mental ou juntas médicas.
  • Teste de avaliação psicológica;
  • Exame teórico, revisão teórica;
  • Teste prático de condução
  • Reexame prático da condução de veículos, bem como outras taxas associadas ao início das candidaturas, à recolha de fotografias, ao início da frequência dos cursos teóricos e à preparação da CNH na categoria A ou B. No caso de reexame, é permitida apenas uma reconsideração por beneficiário.

Veja Mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias