17.4 C
São Paulo
terça-feira, maio 21, 2024

URGENTE: INSS volta com o empréstimo consignado; Saiba como solicitar

Veja mais

Os empréstimos salariais do INSS, além de terem as melhores taxas de juros, são, na verdade, um dos empréstimos mais seguros utilizados pelos brasileiros.
Imagem: Google

Os empréstimos salariais do INSS, além de terem as melhores taxas de juros, são, na verdade, um dos empréstimos mais seguros utilizados pelos brasileiros. Não é à toa que a demanda por ele é muito alta.

No entanto, devido a vários acidentes, a taxa de juros desse tipo de empréstimo nos bancos tornou-se inviável, e mais de 90% dos bancos pararam essa linha de crédito.

Após diversas negociações e reuniões entre o banco e o Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS), houve um reajuste do teto da taxa de juros, após o que o banco decidiu reiniciar a linha de crédito consignado do INSS. Se você quiser saber mais sobre esse incidente e quais são as taxas para essa linha de crédito agora, continue lendo este artigo.

Taxas de juros descontadas para empréstimos salariais do INSS foram solicitadas pelo Governo

Sim, o pedido de redução das taxas de juros do crédito consignado foi proposto pelo governo. O ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, disse: “A redução das taxas de juros é a bandeira do nosso governo e estamos sempre prontos para apoiar quando for importante para o Ministério da Previdência Social”.

Essa proposta não foi bem recebida pelos grandes bancos, mas levou a um ajuste mais adequado para a população.

Afinal, um empréstimo consignado já é algo que vem com um desconto no seu salário ou benefícios, por isso geralmente tem uma taxa de juros menor do que o financiamento que não é cobrado diretamente da fonte. Por isso, o governo entende que a melhor forma de conhecer essa linha de crédito é sempre baixar os juros.

Impasse de Empréstimo Consignado INSS e Novos Ajustes

Durante duas semanas, em março de 2023, os bancos começaram a suspender as linhas de crédito consignado do INSS, causando algum receio entre os beneficiários que estavam sendo considerados pelo empréstimo e aqueles que planejavam solicitar a concessão de crédito.


Isso se deveu ao impasse em relação à taxa de juros dessa linha de crédito, já que o Conselho da Previdência Social exigiu uma taxa de juros sobre esse empréstimo salarial de até cerca de 1,95% e 2% e, na verdade, queria que ficasse abaixo de 2%.

O Governo Federal também concordou em reduzir a taxa de juros desse tipo de empréstimo nos bancos brasileiros. Por esse motivo, mais de 95% dos bancos retiraram essa linha de crédito de suas ofertas e produtos financeiros.

Retorno dos bancos à linha de crédito

Após a assinatura de um acordo entre o Conselho Nacional de Previdência Social, o governo federal e os bancos, o percentual era de 1,97%.

Isso permitiu que o banco fosse devolvido pelo INSS com uma linha de crédito para correntistas e clientes aposentados.

Então, se você está preocupado se pode acessar essa linha de crédito, isso é uma boa notícia.

Veja Mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias