16.3 C
São Paulo
sábado, junho 10, 2023

Atenção! Saiu novo comunicado para quem fez solicitação de empréstimo; Saiba mais

Leia Mais

Nas redes sociais, surgiram conspirações fraudulentas visando os cidadãos mais vulneráveis que estão desesperados por alívio financeiro: aqueles que estão endividados.
Imagem: Google

Nas redes sociais, surgiram conspirações fraudulentas visando os cidadãos mais vulneráveis que estão desesperados por alívio financeiro: aqueles que estão endividados. Prometendo o que parece ser uma solução milagrosa para seus problemas, essa quadrilha mira o dinheiro de inadimplentes já sofridos e, infelizmente, vende sonhos de empréstimos que não passam de falsas promessas.

Empréstimos são novo alvo de criminosos

Essa descoberta alarmante foi revelada recentemente pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), destacando a atuação dessa quadrilha enganadora, cujo principal objetivo é cair na armadilha de fraudar dívidas e perder ainda mais dinheiro. Segundo a Febraban, a quadrilha está usando tecnologia e engenhosidade para criar sites que imitam instituições financeiras legítimas e conquistam a confiança dos usuários. Apresentam ofertas de empréstimos atrativas voltadas especificamente para pessoas físicas negativadas, prometendo prazos de pagamento mais favoráveis do que a média do mercado.

Os criminosos usam as redes sociais e aplicativos de mensagens para se conectar com as vítimas. Na primeira conversa com o alvo, o golpista pinta um quadro de uma oportunidade de empréstimo com taxa de juros baixa ou inexistente. Essa tentação é pouco atraente para pessoas que enfrentam problemas financeiros e faz com que pessoas com muitas dívidas acreditem nas falsidades que lhes são apresentadas.




Após o contato inicial, as vítimas são levadas a clicar no link e redirecionadas para um novo site, onde são orientadas a preencher um formulário de cadastro. Além disso, eles são convidados a assinar um acordo com uma cláusula que exige o pagamento de multas exorbitantes em caso de cancelamento do suposto empréstimo. Após concluir todas essas etapas, o falso credor revela que é necessário um pagamento antecipado para a liberação do empréstimo. No entanto, após o pagamento, a vítima imediatamente cai em um golpe e percebe que o dinheiro foi roubado.

Posicionamento Febraban

Em nota, a Febraban expressou forte preocupação com esse golpe de empréstimo e pediu aos cidadãos que prestem atenção a esse tipo de contato. A federação enfatizou que não há um único empréstimo para o qual os clientes precisem fazer um pagamento antecipado. “Em todas as operações normais de crédito, o cliente recebe dinheiro e não precisa pagar nada por isso”, alerta Adriano Volpini, diretor da comissão antifraude da Febraban. Ele aconselhou os cidadãos a sempre verificarem se a instituição que concede empréstimos é aprovada pelo Banco Central.

Além disso, é importante lembrar que a Febraban, sociedade civil sem fins lucrativos que reúne instituições financeiras do país, não recolhe impostos, não emite correspondência sobre recolhimento de impostos, não notifica sobre parcelas de empréstimos e não fornece empréstimos. As entidades não contactam diretamente os clientes e utilizadores do sistema bancário por telefone, carta, e-mail ou redes sociais.

More articles

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias