17.5 C
São Paulo
sexta-feira, junho 14, 2024

Beneficiários que recebem o Bolsa Família também têm direito a solicitar empréstimo? Veja!

Veja mais

Como mostram todas as evidências, a retomada do Bolsa Família levou a algumas mudanças nos cidadãos brasileiros que fazem parte do salário dos benefícios.
Imagem: Google

Como mostram todas as evidências, a retomada do Bolsa Família levou a algumas mudanças nos cidadãos brasileiros que fazem parte do salário dos benefícios. Depois de o programa ter lançado um Maio cheio de novidades, ainda há algumas incertezas arranjadas pelos beneficiários.

Em meio a essas incertezas recorrentes da reestruturação do Bolsa Família, há a possibilidade de contratação de um novo empréstimo. Ou seja, antes, havia uma espécie de empréstimo salarial no antigo programa, o Auxílio Brasil. Enquanto isso, o atual presidente, Lula da Silva (PT), também mudou suas regras de contratação.

Por isso, após a suspensão do crédito do Bolsa Família, já é possível contar com novas regras para exigi-lo. Além disso, há outra possibilidade de concessão de valor, dependendo da escolha e circunstâncias de cada beneficiário.

Possibilidade 1 – Empréstimo Salarial Bolsa Família

Em primeiro lugar, como proposto anteriormente, os beneficiários do Bolsa Família agora podem contar com duas possibilidades de contratação de crédito na forma de empréstimo. Por isso, o primeiro deles é o empréstimo salarial do Bolsa Família.

Como mencionado, após a transição do Auxílio Brasil para o novo Bolsa Família, os empréstimos foram suspensos, e o governo federal, assim como vários especialistas e outras autoridades econômicas, relataram que a prática de subsídio era um tanto abusiva.

Enquanto isso, neste momento, além da reestruturação do programa Bolsa Família, também há grandes novidades para o empréstimo salarial. Quem quiser obter crédito só pode comprometer 5% do total do benefício.

Outro ponto importante é que, no passado, o teto de juros era muito abusivo. Enquanto isso, sob as novas condições, o teto de juros sobre o salário será de 2,5%. Em suma, esse é o novo valor máximo mensal que bancos e outras instituições credoras podem cobrar das contratantes.

A concessão de crédito é feita de forma simples e prática por meio do aplicativo oficial da Caixa Tem (bityli.com/SVbrUS) ou comparecimento na agência da Caixa.


Possibilidade 2 – SIM Digital

Como mencionado no início, os beneficiários do Bolsa Família agora podem contar com duas modalidades de crédito por meio da Caixa. O primeiro deles, como apontado, vem do salário. Por outro lado, a segunda possibilidade surge através de um SIM digital.

O SIM digital funciona concedendo um valor entre R$ 1,5 mil e R$ 4,5 mil, dependendo da situação de cada contratante. Além de serem concedidos a pessoas físicas, os créditos também são concedidos a pessoas jurídicas e negativadas.

Os termos do contrato para pessoas físicas incluem taxa de juros de 1,96% ao ano, prazo de até 24 meses para quitar dívidas e bolsa de até R$ 1,5 mil. Antecipadamente, a pessoa jurídica tem taxa de juros de 1,99% ao ano e crédito máximo de R$ 4,5 mil.

Por fim, pessoas físicas também podem contratar valores diretamente pelo aplicativo oficial da Caixa Tem. Antecipadamente, as pessoas jurídicas precisam se dirigir à agência da Caixa.

Veja Mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias