12.4 C
São Paulo
quinta-feira, maio 30, 2024

Triste notícia! Alguns brasileiros terão o pagamento do bolsa família reduzido; Veja se você faz parte deste grupo

Veja mais

Embora o governo garanta um repasse mínimo de R$ 600 por família beneficiária, a queda no valor da parcela do Bolsa Família em julho atinge duas categorias de pessoas: as incluídas nas normas de proteção e as que contrataram empréstimo salarial com a Auxílio Brasil.
Imagem: Google

Embora o governo garanta um repasse mínimo de R$ 600 por família beneficiária, a queda no valor da parcela do Bolsa Família em julho atinge duas categorias de pessoas: as incluídas nas normas de proteção e as que contrataram empréstimo salarial com a Auxílio Brasil.

Para empréstimos, o desconto está sujeito ao contrato firmado durante o contrato, mas nas regras de proteção há um desconto de 50% na parte não paga.

Regras de proteção

As regras de proteção valem para famílias atendidas por programas que experimentam aumento de renda de até meio salário mínimo per capita a cada mês. Assim, essas famílias recebem metade de sua parcela por até dois anos, até serem excluídas do Bolsa Família.

Segundo o governo, a medida visa estimular o emprego, o trabalho formal e o empreendedorismo entre os beneficiários, tornando as famílias independentes do programa. No início deste ano, o programa social retomou o nome de Bolsa Família, após um período em que o auxílio brasileiro vigorou. O valor mínimo de R$ 600 é garantido pela aprovação da emenda constitucional da transição. Isso nos permitiu gastar até R$ 145 bilhões acima do teto de gastos deste ano. É importante destacar que desses recursos, 70 bilhões de reais foram destinados ao financiamento do Bolsa Família. O objetivo é ajudar famílias em situação de vulnerabilidade social.

Além disso, o Bolsa Família pode ser consultado por meio de plataformas conhecidas, como o aplicativo do programa e o aplicativo Kaisha Tem. Recentemente, um novo site foi lançado para descobrir os lucros, no qual é possível verificar as datas de pagamento das parcelas para todos os meses do ano. bit.ly/44qCn8j Basta acessar o site, selecionar o mês desejado e clicar no número final do número de identificação social para obter as informações necessárias.

Conclusão

Em suma, as mudanças no programa Bolsa Família relacionadas à redução do valor das parcelas afetarão os beneficiários que se enquadram nas regras de proteção e os beneficiários que optarem pelo crédito consignado para o auxílio Brasil. As regras de proteção valem para famílias com aumento de renda de até meio salário mínimo mensal per capita, reduzindo sua participação em 50% por até dois anos antes de serem excluídas do programa.

A medida visa estimular o emprego formal e a busca pelo empreendedorismo e promover a independência financeira das famílias atendidas. A garantia de um repasse mínimo de R$ 600 por meio de emenda constitucional à transição permitiu gastos adicionais de R$ 145 bilhões neste ano. Assim, 70 bilhões de reais foram destinados especificamente para financiar o Bolsa Família. É importante ressaltar que o programa pode ser acessado por meio de plataformas conhecidas, como aplicativos de programas e aplicativos do Caixa Tem.

Além disso, um novo site para benefícios de navegação foi lançado recentemente, fornecendo informações sobre a data de pagamento das parcelas mensais. Ao visitar o site alvo e selecionar o mês desejado, o beneficiário pode obter as informações necessárias inserindo o número final do NIS. Essas medidas visam promover a transparência, facilitar o acesso e garantir o apoio adequado às famílias em situação de vulnerabilidade social no Bolsa Família.

Veja Mais

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias