12.4 C
São Paulo
quinta-feira, maio 30, 2024

Como faço para solicitar o benefício do Bolsa Família morando sozinho? Quanto irei receber? Veja!

Veja mais

O Bolsa Família é um dos programas sociais mais famosos do mundo. Afinal, é reconhecida por combater a desigualdade social e a pobreza. Por isso, muitos brasileiros em situação de vulnerabilidade social têm acesso aos pagamentos, desde que atendam aos critérios. Em 2021, o ex-presidente Bolsonaro (PL) o substituiu por Aucilio Brasil, que desapareceu neste ano.

Afinal, em 2023, Lula (PT) chegou ao poder novamente. E optou por retomar o Bolsa Família. Com isso, novas regras surgiram e muitos têm dúvidas sobre quem pode se candidatar ao programa. Vale destacar que brasileiros cadastrados como solteiros são alvo do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Por isso, muitos acreditam que pessoas que moram sozinhas não podem receber o programa.

Moro sozinho, posso me inscrever no Bolsa Família? Quanto vou receber?

A resposta à pergunta é sim. Pessoas que moram sozinhas podem receber o Bolsa Família, mas com algumas limitações. Antes de tratar desse tema, é preciso explicar quais são as regras dos programas sociais. Como mencionado anteriormente, elas mudaram com as mudanças na gestão governamental, mas o objetivo do lucro continua o mesmo: atender às necessidades das pessoas de baixa renda.

Dito isso, para receber o Bolsa Família em 2023, os brasileiros devem ter uma renda familiar mensal de até R$ 218 per capita. É preciso somar a renda de todos os membros da família e dividir pelo número de pessoas que moram na casa. O resultado é um valor per capita.

Isso significa que as pessoas que moram sozinhas precisam receber até R$ 218 por mês para receber o benefício. Assim, ele recebe as parcelas mínimas definidas pela MDS (R$ 600 por mês). No entanto, a agência impôs restrições aos beneficiários solteiros que moram sozinhos. Apenas 16% dos beneficiários municipais podem receber transferências de renda cadastradas como empresas individuais.

A participação em programas de transferência de renda é por meio do CadÚnico (Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal). Para se cadastrar no banco de dados, o usuário deve procurar uma das unidades do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social). Vale ressaltar que os brasileiros passam por uma entrevista com uma assistente social antes de aprovar os benefícios.

Todos os beneficiários recebe R$ 600 do MDS?

A resposta é não. De fato, famílias com até quatro integrantes receberão o valor mínimo do Bolsa Família, de R$ 600 por mês. Já quem tem família com 5 ou mais integrantes pode receber R$ 142 por pessoa. Vale ressaltar que brasileiros com filhos de até 6 anos recebem um adicional de R$ 150 por pessoa nessa faixa etária. Além disso, o governo paga mais R$ 50 para gestantes, lactantes e crianças de 7 a 18 anos.

Veja Mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias