27.2 C
São Paulo
quarta-feira, abril 17, 2024

Presidente Lula quer implementar novas regras sobre trabalho nos feriados em 2024; Veja se você será afetado

Veja mais

A partir de 2024, o Brasil pode ver algumas mudanças na regulamentação do trabalho de férias em determinados setores comerciais. Isso porque o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pede mudanças nesse sentido.

O ministro do Trabalho e Emprego, Luís Marinho, disse que uma comissão de negociação será criada. Isto inclui associações representativas de trabalhadores e empregadores e aborda este tema em profundidade.

O que vai mudar com a nova portaria?

O novo Decreto nº 3.665 foi promulgado em 13 de Novembro de 2023 e está previsto para entrar em vigor em 1º de Março de 2024. Este regulamento realinha as leis federais sobre o trabalho de férias com regulamentos do sindicato e do Governo local.

Conforme estipulado na portaria, o trabalho de férias pode ser realizado em todas as atividades comerciais. No entanto, a possibilidade deve ser expressamente reconhecida em acordo coletivo de trabalho.

Além disso, deve cumprir as leis Governamentais locais relevantes. Nesse caso, é importante ressaltar que não há mudanças em relação à permissão de trabalho aos domingos. Veja por que essa é uma mudança importante.

Diferença da nova regra sobre trabalho em feriados

A medida é uma mudança significativa em relação às regras anteriores, segundo portaria promulgada durante o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro. Nesse caso, o empregador só precisa informar o empregado sobre as obrigações trabalhistas.

Além disso, conseguiu estabelecer um horário de trabalho que respeitasse a legislação vigente e o direito ao afastamento. Para o trabalho de férias, não havia necessidade de aprovar acordos coletivos ou cumprir leis municipais.

Quais setores vão mudar?

De acordo com a Portaria nº 3.665, a lista de atividades comerciais para as quais há licença em andamento para funcionar em feriados é reduzida. No entanto, setores como mercados de agricultores, restaurantes e padarias permanecem inalterados.

Além disso, postos de gasolina, lavanderias, floriculturas, hotéis, agências de viagens, etc. também não são afetados. Por fim, como mencionado anteriormente, o trabalho de férias só é permitido se for aprovado por acordo coletivo de trabalho e cumprir a lei.

Veja Mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias