17.4 C
São Paulo
terça-feira, maio 21, 2024

Presidente Lula chama atenção sobre programa de casas GRATUITAS à população; Entenda

Veja mais

O programa habitacional de Campinas (SP) irritou o presidente Lula por fazer algumas críticas sobre o tamanho dos cômodos das casas em construção.
Imagem: Google

O programa habitacional de Campinas (SP) irritou o presidente Lula por fazer algumas críticas sobre o tamanho dos cômodos das casas em construção.

Em Campinas, há uma grande disparidade em termos de metros quadrados de moradias que estão sendo construídas para atender pessoas de baixa renda. Este programa também não corresponde às regras estabelecidas por Minha Casa Minha Vida. Saiba mais sobre esta história.

Programa de casas gera críticas do presidente Lula

O presidente Lula, em live nas redes sociais na manhã desta segunda-feira (19), fez duras críticas ao modelo de construção habitacional de Campinas (SP) e não fez elogios sobre o fato.

Ou seja, o programa habitacional em Campinas segue um modelo habitacional de apenas 15 m², e essa foi a indignação quando Lula fez tal declaração: “Depois de um tempo estamos construindo poleiros”, disse o presidente.

Para o presidente, a casa de 15 metros quadrados contribuiu para a “degradação da humanidade”, e essa iniciativa terrível só contribuiu para a perda ainda maior de dignidade das pessoas de baixa renda.

A crítica de Lula vem após a repercussão do programa habitacional iniciado pela prefeitura de Campinas (SP), e a iniciativa oferece a construção de moradias populares nesta filmagem.

“É importante lembrar que é preciso discutir palafitas, o processo de deterioração em que os seres humanos vivem precisa ser discutido. Aquela história do prefeito (falando do prefeito de Campinas) sobre a construção de uma casa de 15 metros quadrados. Se essa moda virar moda, logo construiremos poleiros para as pessoas viverem. É o absurdo do absurdo”, disse Lula.

Na ocasião, Lula também falou sobre a política de proteção ambiental, mas não pode deixar de lado o bem-estar das pessoas. Durante a conversa, o presidente comentou sobre os planos do governo, incluindo proteção ambiental e uma viagem à Europa ainda nesta semana.

Como foi essa polêmica?

O programa habitacional da cidade de Campinas foi alvo de polêmica, pois em sua configuração atual existem apenas dois cômodos na casa em construção.

É por isso que o presidente se revoltou em sua vida hoje, porque uma casa de 15 metros quadrados é a mais pura degradação do homem.

Na entrada da casa há uma grande sala com janelas, e à direita há outra pequena sala em que você precisa instalar um banheiro. Segundo a prefeitura, a área total do terreno é de 90 m².

Quanto à comparação da casa e do poleiro da régua, o poleiro foi feito para ser uma vara para os pássaros descansarem e serem instalados em um local pequeno, como uma gaiola.

“Claro que a ideia é ir para uma casa pronta, mas um galpão onde há família, não tem saneamento básico, tem ação de execução e há um prazo da Justiça para sair disso”, disse o vice-prefeito de Campinas, Wanderly de Almeida.

Especialistas dizem que o imóvel não se encaixa no conceito de moradia digna recomendado pela Organização das Nações Unidas (ONU), mas o vice-prefeito de Campinas classificou as críticas à iniciativa como decepcionantes.

Veja Mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias