12.4 C
São Paulo
quarta-feira, maio 29, 2024

Mães brasileiras são surpreendidas com o adicional do Bolsa Família em NOVEMBRO; Veja se você tem direito

Veja mais

Mães de todo o Brasil têm um novo motivo para comemorar. Trata-se da possibilidade de receber um adicional de R$ 200 pago pelo governo federal por meio do Bolsa Família. A possibilidade também foi confirmada pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social (MDS). Para obter mais informações, consulte as seguintes linhas: Obedecer!

Adicional de R$ 200 confirmado: veja quem pode realmente receber

Como mencionado anteriormente, o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, responsável pelos programas sociais do governo federal, confirmou um adicional de R$ 200 que vale para mães de todo o Brasil. Ou seja, a transferência é realizada para mães que estão amamentando seus filhos até os 6 meses de idade. Esses são basicamente os benefícios adicionais do Bolsa Família.

Aliás, isso não é totalmente novo. Isso porque o Bolsa Família garante o repasse de dois benefícios adicionais a partir dos primeiros meses do ano. São benefícios infantis e benefícios variáveis familiares. Os principais detalhes sobre eles estão logo abaixo, então confira.

Benefício Infantil: Oferece auxílio financeiro de R$ 150,00 para famílias com crianças de 0 a 6 anos.
Benefício Variável Família: Oferece benefício de R$ 50,00 a famílias com crianças e adolescentes entre 7 e 18 anos, além de gestantes e lactantes.

Na prática, as famílias têm direito a uma parcela do benefício infantil e uma parcela do benefício familiar variável, com um adicional de R$ 200 garantido por meio do Bolsa Família. No entanto, para recebê-lo, a família deve estar cadastrada em um cadastro único (Cad Único).

Parcela regular do Bolsa Família

As parcelas periódicas do programa Bolsa Família garantem um valor proporcional a cada mês com base no número de indivíduos que moram no mesmo domicílio e compartilham a mesma renda. Portanto, o valor da parcela padrão deve ser calculado como a soma de R$ 142,00 para cada família.


No entanto, é importante ressaltar que as famílias não devem receber menos de R$ 600 em benefícios, a menos que a dedução seja devidamente aplicada. Basicamente, essas medidas foram tomadas pelo MDS para garantir um remanejamento proporcional aos custos das famílias maiores. Além disso, destina-se a proteger a recolocação de pequenas famílias.

Agora que você já conhece os principais detalhes das parcelas regulares desse programa social, veja a seguir os valores que um familiar pode receber com transferências de renda, dependendo da estrutura familiar.

Família de 04 pessoas ou menos: R$ 600,00;
Família de 05: R$ 710,00;
Família de 06: R$ 852,00;
Família de 07: R$ 994,00;
Família de 08: R$ 1.136,00;
Família de 09: R$ 1.278,00;
Família de 10 pessoas: R$ 1.420,00.

Calendário Bolsa Família de Novembro

A transferência de outubro está quase confirmada. Com isso, a Caixa Econômica se prepara para um repasse em dezembro. Seu próximo depósito já foi confirmado. Dessa forma, o pagamento é feito nos últimos 10 dias úteis do mês, de acordo com o calendário oficial da instituição.

Como de costume, a Caixa realizará a transferência com base no último dígito do Número de Identificação Social (NIS) do Familiar ou Responsável Legal. Nesta rodada, os depósitos terão início no dia 17 de novembro na sua conta digital da Caixa Tem e terminam no dia 30 do mesmo mês. Por fim, veja as datas abaixo.

Último NIS 1: 17 de novembro;
NIS final 2: 20 de novembro.
Último NIS 3: 21 de novembro;
Último NIS 4: 22 de novembro.
NIS final 5: 23 de novembro;
Último NIS 6: 24 de novembro.
Último NIS 7: 27 de novembro.
NIS final 8: 28 de novembro.
Último NIS 9: 29 de novembro.
NIS final 0: 30 de novembro.

Veja Mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias