26.1 C
São Paulo
quarta-feira, maio 22, 2024

Auxílio emergencial está de volta? Governo confirma o pagamento de R$ 300; Confira se você tem direito

Veja mais

Recentemente, a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) anunciou a implantação de um programa de auxílio emergencial voltado para mulheres em situação de vulnerabilidade no Distrito Federal. Assim, esse benefício é intitulado “Agente Cidadão” e o programa oferece uma bolsa de 300 reais por mês e tem duração de até 12 meses.

Assim, as principais beneficiárias da iniciativa “Agentes de Cidadania” são mulheres cadastradas no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) em situação de extrema pobreza e violência. Saiba mais!

Como Acessar o Auxílio Emergencial

Por isso, o programa visa promover essa emancipação pública, por meio de estratégias de enfrentamento das adversidades, e será desenvolvido em conjunto com os participantes das conferências e comícios promovidos pelo projeto.

Portanto, para ter direito ao auxílio, o solicitante deve residir na área administrativa e ser a única pessoa da família que recebe o benefício. Além disso, os beneficiários devem se comprometer a participar de atividades sociais propostas pela equipe do programa durante o período de recebimento do auxílio.

Como funciona o benefício

Por fim, o programa “Agentes da Cidadania” ainda está em fase piloto. Por isso, inicialmente, passaremos a atuar em cinco regiões administrativas.

  • Ceilândia;
  • Estrutural;
  • Gama;
  • Riacho Fundo 1; e 
  • Planaltina. 

Portanto, a seleção dos beneficiários ocorrerá após a assistência social, dependendo da disponibilidade de vagas nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Centros de Referência Profissional de Assistência Social (Creas) e demais locais do Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). Por fim, confira a visão geral dos requisitos de entrada.

  • Morar em uma área administrativa onde há vagas no programa.
  • Ser o único membro da família a receber assistência.
  • Você deve estar cadastrado no CadÚnico.
  • Um familiar os acompanha por meio de uma unidade de assistência social.

Veja Mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias