12.4 C
São Paulo
quinta-feira, maio 30, 2024

Atenção segurados! Titulares do INSS podem ter benefício pendente devido a dívida: Veja porque

Veja mais

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) tem entendido que os titulares do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) podem suspender seus benefícios em caso de dívida. Vale destacar que a decisão não é apenas sobre quem receberá a pensão, mas sobre todos os brasileiros.
Imagem: Google

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) tem entendido que os titulares do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) podem suspender seus benefícios em caso de dívida. Vale destacar que a decisão não é apenas sobre quem receberá a pensão, mas sobre todos os brasileiros. O tribunal entendeu que não era inconstitucional destinar uma parcela dos benefícios para pagar dívidas.

Essa medida atinge todos que estão endividados e recebem salário, independentemente de serem ativos ou titulares do INSS. A decisão do Judiciário brasileiro teve um enorme impacto entre os trabalhadores, já que cerca de 70 milhões de pessoas têm o nome sujo no país. A suspensão de parte do salário não é automática e deve ser decidida pelo juiz. Continue lendo este artigo para saber como funciona o processo.

STJ determina que portadores de INSS podem perder benefícios? Entendendo a Verdade

Antes de mais nada, é importante esclarecer que os STJs não interferem em todos os interesses dos devedores do INSS. É importante ter cuidado para não cair em fake news. O tribunal decidiu que uma parte da indenização poderia ser condecorada independentemente de o trabalhador ser ativo ou aposentado. Essa mudança vale também para quem se aposentou por meio de plano de previdência próprio.

Outro ponto a mencionar é que as penhoras salariais não são automáticas. Primeiro, o credor deve entrar em contato com o devedor. Várias tentativas são necessárias, incluindo a renegociação. Caso o inadimplente não faça uma transação ou não pague a dívida, o credor pode recorrer à Justiça. Com base nas provas, é o juiz quem decide sobre a penhora do salário.

De acordo com a lei, brasileiros podem recorrer de decisões judiciais. Ou seja, os titulares do INSS que prometeram benefícios podem tentar restaurá-los em outros casos. No passado, tais medidas não eram eficazes para todos.

Apenas quem recebe pelo menos R$ 66 mil por mês pode ser recompensado com dívidas. Segundo o STJ, essa não é uma realidade para boa parte do país. Portanto, para que a lei entre em vigor, todas as faixas de renda poderiam ser punidas com essa medida.

Governo Federal lança programa de renegociação de dívidas

Tanto os titulares do INSS quanto outros brasileiros estão cheios de dívidas. Ao contrário do que prega o senso comum, esse não é um problema individual. Afinal, 70 milhões de brasileiros estão com o nome sujo, em um dos piores momentos da economia do país. Para os profissionais de finanças, reflete a crise enfrentada no Brasil.

Por isso, o presidente Lula (PT) anunciou o Desenrola. Esse programa cria incentivos para que os credores concedam descontos e condições especiais. O objetivo é que os brasileiros limpem o nome e finalmente saiam das dívidas.

Veja Mais

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias