FGTS: Caixa Econômica Federal libera até R$ 3.900 a partir de hoje (26/10); Confira quem recebe

Imagem: Reprodução/Google




A Caixa Econômica Federal(CEF) libera uma comissão do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para novos grupos de trabalhadores. Inicialmente, de acordo com o calendário oficial, o valor pode chegar até R$ 3.900, dependendo da faixa do saldo do programa.


Primeiro, é importante ressaltar que, como o nome sugere, o saque-aniversário do FGTS é sempre liberado no mês de aniversário dos trabalhadores. Nesse sentido, os resgates estão disponíveis no aniversário de outubro. Para este grupo, o saque vai durar até 30 de dezembro de 2022.


Quem pode fazer parte da modalidade?


Via de regra, para cumprir a modalidade, devem ser atendidos os seguintes critérios:


  • Em primeiro lugar, ser maior de 18 anos;
  • Possuir conta corrente ou poupança na Caixa;
  • Ter saldo suficiente no FGTS;
  • Estar com o CPF em situação regular na Receita Federal;
  • Por fim, estar adimplente com a Caixa ou usar o recurso do crédito para pagar a dívida

De certa forma, todos os trabalhadores que trabalham com carteira assinada podem seguir a modalidade de aniversário de feriado.


  • Trabalhadores urbanos;
  • Trabalhadores rurais;
  • Trabalhadores intermitentes (Lei nº 13.467/2017 –Reforma Trabalhista);
  • Trabalhadores temporários;
  • Trabalhadores avulsos;
  • Safreiros (operários rurais, que trabalham apenas no período de colheita);
  • Atletas profissionais (jogadores de futebol, vôlei, etc.);
  • Diretor não empregado;
  • Empregado doméstico.


Valor do dia do saque do FGTS


O valor liberado ao trabalhador do FGTS depende da faixa de saldo da conta, mas isso ainda está sujeito a uma taxa constante. Verifique a razão:




Calendário do saque-aniversário do FGTS


Inicialmente, a Caixa Econômica Federal trabalha sob o seguinte cronograma de pagamento do fundo de garantia:


  • Aniversariantes de Janeiro: de 3 de Janeiro a 31 de Março;
  • Aniversariantes de Fevereiro: de 1º de Fevereiro a 29 de Abril;
  • Aniversariantes de Março: de 1º de Março a 31 de Maio;
  • Aniversariantes de Abril: de 1º de Abril a 30 de Junho;
  • Aniversariantes de maio: de 2 de Maio a 29 de Julho;
  • Aniversariantes de junho: de 1º de junho a 31 de agosto;
  • Aniversariantes de julho: de 1º de julho a 30 de setembro;
  • Aniversariantes de agosto: de 1º de agosto a 28 de outubro;
  • Aniversariantes de setembro: de 1º de setembro a 30 de novembro;
  • Aniversariantes de outubro: de 3 de outubro a 30 de dezembro;
  • Aniversariantes de novembro: de 1º de novembro de 2022 a 31 de janeiro de 2023;
  • Aniversariantes de dezembro: de 1º de dezembro de 2022 a 28 de fevereiro de 2023.

O que acontece se eu for demitido?


A adição do saque ao aniversário traz algumas mudanças nos direitos dos trabalhadores antes da demissão. Confira as informações a seguir:


  • Primeiro, os trabalhadores que participaram do saque aniversário do FGTS: somente valores referentes à demissão podem ser sacados. O saldo final do contrato não é realizado, pois outra opção é cumprida.
  • Por fim, os trabalhadores, que são a forma padrão do FGTS (saque-rescisão), têm direito ao saque integral de sua conta do FGTS, inclusive a rescisão de multa, caso seja demitido sem justa causa.

Posso desistir dessa opção de saque?


Antes de mais nada, é importante ressaltar que os trabalhadores que optarem pelo saque aniversário do FGTS podem solicitar um saque padrão, ou seja, o retorno à rescisão do saque. Para isso, basta utilizar o aplicativo oficial do Fundo de Garantia.


Portanto, para efetuar o saque, o trabalhador pode não ter uma operação de previsão contratada.


Além disso, é importante ressaltar que o retorno às saídas padrão não acontecerá imediatamente. De acordo com a lei, as mudanças só entrarão em vigor a partir do primeiro dia do 25º mês a partir da data do pedido de devolução.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem