PT cogita convidar cantor evangélico para a posse de Lula; Veja!

Imagem: Reprodução/Google





Deputados evangélicos pediram ao presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que convide pelo menos um cantor evangélico para a posse em 1º de janeiro do ano que vem. A explicação é que o futuro governo mostrará boa vontade com a religião e aliviará as tensões entre os petistas e os grupos cristãos.


De acordo com o portal iG, a socióloga Janja, futura primeira-dama do Brasil, convidou dezenas de artistas para se apresentarem na cerimônia. Pablo Vitar, Baiana System, Duda Beat, Gaby Amarantos, Martinho da Villa, Gilsons, Chico Cesar, Teresa Cristina, Maria Rita e Valeska Popozda confirmaram presença. Caetano Veloso, Gilberto Gil, Ludmila e Emicida já foram convidados, mas ainda não foi anunciado se participarão do evento.


No meio de tantos artistas, nenhum do mundo gospel foi chamado, o que atormentou a bancada evangélica. Representantes do setor procuraram Janja e pediram que os nomes dos cristãos fossem incluídos na apresentação para mostrar boa vontade por parte do PT.


Janja concordou, mas disse que precisava conversar com outros membros da transição. A preocupação da futura primeira-dama é que a presença de uma cantora evangélica passe pela imagem de privilégio. "Faz sentido ter evangélicos em vez de padres? Ou um grupo de Umbandas? É isso que está sendo discutido", explicam os aliados do presidente eleito.


Mas se Janja chama um cantor gospel, é Kleber Lucas quem participa da cerimônia. O músico fez parte da equipe de transição de Lula e foi um dos poucos artistas evangélicos a apoiar publicamente a candidatura do PT a Jair Bolsonaro (PL).


Janja quer outra posse


Na última Quarta-Feira (31), a esposa do presidente eleito Lula deu entrevista no Centro Cultural Banco do Brasil e informou que a cerimônia seguiria um roteiro institucional. No entanto, ela revelou que faria "pequenas e menos mudanças" em comparação com outras posses.


Ela informou ainda que agentes da Polícia Federal, forças de segurança federais e militares, estão trabalhando para garantir que o futuro chefe do Executivo não corra riscos durante o evento porque a equipe está preocupada com a segurança do PT.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem