Presidente Jair Bolsonaro está perdendo dinheiro com R$ 591 mil na poupança; Veja detalhes

Imagem: Reprodução/Google


De acordo com a declaração oficial de bens ao Tribunal Superior Eleitoral entregue na terça-feira, 9, o presidente Jair Bolsonaro (PL) investiu em uma economia de US$ 591 milhões. O representante, que também é candidato à reeleição, revelou um capital total de R$2.317.554,73, proveniente principalmente de imóveis, investimentos em poupança e caixa em conta corrente doméstica.


Apesar da considerável quantidade de dinheiro que está sendo aplicada que traz renda ao presidente, os lucros da caderneta ainda estão perdendo para a inflação alta. Nesse caso, o dinheiro investido nesse investimento impedirá Bolsonaro de ganhar dinheiro. Descubra quanto tempo essa perda dura!


Quanto rende a popança?


A poupança é, sem dúvida, um dos investimentos mais procurados pelos brasileiros, mas estão abaixo da taxa de inflação. De janeiro a agosto, o rendimento deste livro foi de 4,27%. Na prática, isso significa que, até agora, se o dinheiro for pago hoje, R$ 1.000 investido no primeiro dia do ano gerou renda no valor de R$42,70.


Em comparação com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação, até agora foi de 4,77% ao ano. Ou seja, o alto preço excede o lucro da poupança, e o dinheiro deixado lá perde seu poder de compra.


Quanto Bolsonaro perde ao deixar seu dinheiro aplicado na poupança?


Bolsonaro é o mais investido em cartilhas entre os candidatos à presidência da República. Em uma simulação hipotética utilizando uma calculadora cidadã, o Banco Central considera que o representante depositou R$591.047,58 em 1º de janeiro de 2022, e atualmente tem R$616.287,26.


Nesse caso, deve chegar a R$ 619.237,65 para garantir que o valor original não seja depreciado devido à inflação. Em suma, a diferença, ou seja, a perda real da aplicação da poupança de Bolsonaro, seria de R$2.950,39.

1 Comentários

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem