É verdade que Lula publicou um tuíte dizendo que vai bloquear a poupança por seis meses? Veja detalhes

Imagem: Reprodução/Google



Na última Segunda-Feira (17), ele começou a compartilhar um suposto post do candidato à presidência Luís Inácio da Silva (PT) nas redes sociais. Segundo a publicação, Lula bloquearia a economia dos brasileiros por seis meses para preservar o auxílio brasil se eleito. No entanto, esta publicação está incorreta.  


De acordo com a agência de verificação da AFP, "não há indicação da declaração nas redes sociais oficiais do candidato, ou em seu programa de governo". A AFP acrescentou que o post era uma "captura de tela com indícios de manipulação".


A suposta publicação do ex-presidente Lula é falsa.


O post foi compartilhado no Facebook e no TikTok. De acordo com o post, o ex-presidente Lula teria escrito a seguinte mensagem em sua conta no Twitter: 


"Companheiros e companheiros. Vamos preservar a Auxilio Brasil, mas precisamos da sua contribuição. Meus amigos, durante 6 meses de 2023, vamos precisar bloquear a poupança dos brasileiros. São só seis meses. Confie neste mundo de minerais aqui. 


O órgão de verificação verificou que não havia indícios de que o candidato Lula havia postado no Twitter. A AFP também verificou registros do post na Máquina Wayback ou Archive.is. As plataformas salvam versões mais antigas de páginas da Web, ou seja, você pode visualizar postagens já excluídas nelas.


Nenhuma das análises foi encontrada. A agência analisou a suposta data de publicação, 13 de outubro de 2022. Naquele dia, Lula postou 35 posts no Twitter. No entanto, nenhum deles se referiu à proibição de poupança da população. 


Captura de tela é uma montagem


O post foi compartilhado em outras redes sociais em formato de captura de tela. Mas a AFP informou que a foto trazia indícios de que havia sido compilada. 


O Twitter marcou as contas dos candidatos para as eleições de 2022 registradas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A plataforma afirmou que as classificações publicadas nas páginas não são opcionais e não podem ser removidas. De acordo com o Twitter, as faixas sairão dias após o segundo turno das eleições. 


A fita aparece em todas as postagens do ex-presidente no Twitter em 13 de outubro. No entanto, a captura de tela não exibe o rótulo. 


A AFP também observou que a prisão prevista teve um comentário de usuário chamado "Filma Trabalhadora". A resposta do suposto usuário ao post dizia: "Mas o que é? Você vai pegar o meu dinheiro? Deixe a votação em 3, 2, 1...". 


A agência realizou buscas pela conta do Twitter e descobriu que ela não existia.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem